Últimas Notícias

Moeda Verde chega ao Sítio dos Vianas para beneficiar mais de 8,3 mil pessoas

O programa Moeda Verde, realizado pela Prefeitura de Santo André e pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), entrou em sua terceira fase de expansão na quarta-feira (24). A comunidade do Sítio dos Vianas passa a ser a oitava da cidade a receber as ações quinzenais que trocam resíduos recicláveis por alimentos hortifrúti, beneficiando mais de 8,3 mil pessoas direta e indiretamente. Na quinta-feira (25), o prefeito Paulo Serra acompanhou a implantação do programa nos núcleos Cruzado I e II, no Jardim Santo André.

Durante a primeira ação do programa no Sítio dos Vianas, o destaque ficou por conta da participação de dezenas de alunos da Emeief (Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental) Cândido Portinari que, como forma de mobilizar e conscientizar a população local, levaram recicláveis para trocar.

As crianças assistiram a uma contação de história, oferecida pela equipe de educação ambiental do Semasa, que teve como objetivo sensibilizá-las sobre a importância da preservação do meio ambiente e do descarte correto do lixo. Em seguida, com muita animação, os alunos trocaram garrafas PET por 1 kg de frutas e legumes oferecidos pelo Moeda Verde para levar para suas famílias.

O superintendente do Semasa, Almir Cicote, elogiou o programa e fez um pedido às crianças. “Agora é a hora de vocês chegarem em casa e contarem para os pais de vocês como é importante separar os resíduos e participar do Moeda Verde”.

Os moradores da comunidade trocaram, neste primeiro dia, 252,4 kg de lixo reciclável por 50 kg de laranja, abobrinha, berinjela, batata-doce e carambola. As trocas, que tiveram início nesta quarta-feira (24), às 10h, passarão a ocorrer sempre às sextas-feiras, às 14h, a partir de maio. O ponto de encontro é a praça Maria Mariano – próximo à rua das Minas.

Márcia Nascimento, de 46 anos, todos vividos na comunidade, foi a primeira da fila e espera que o programa auxilie a população a se conscientizar para não colocar o lixo de forma errada. “No mesmo imóvel que eu, moram mais 3 famílias e nós todos vamos nos beneficiar com a troca pelos alimentos”, afirmou. Márcia levou pra casa quatro quilos de frutas e legumes pois encaminhou 21 kg de resíduos para reciclagem.

Até o final do ano, o Moeda Verde vai chegar a outras sete comunidades da cidade, ampliando a abrangência do programa e beneficiando, direta e indiretamente, cerca de 78% dos residentes de núcleos e assentamentos de Santo André. Nos núcleos Cruzado I e II (Jardim Santo André), a primeira troca será feita nesta quinta-feira, às 11h, no cruzamento da rua Gamboa com a rua Descampado.

“Pedi ajuda dos vizinhos que não queriam separar os resíduos, para me doarem o material. Assim, mesmo quem não quer participar, ajuda o outro. Espero que o Moeda Verde ‘pegue’ aqui no bairro”, disse Rosangela Maria de Almeida, que vive há 30 anos no local e já conhecia o programa porque a irmã participava das trocas no Jardim Cipreste.

Em quase um ano e meio, a população participante dos núcleos em que o Moeda Verde está presente já encaminhou mais de 86 toneladas de lixo para a reciclagem. Em troca, já foram doadas mais de 17 toneladas de frutas, verduras e legumes. Vale lembrar que a cada 5 kg de material reciclado, o munícipe recebe 1 kg de alimento hortifrúti.

O material recebido nas trocas do Moeda Verde é encaminhado às cooperativas de reciclagem parceiras do Semasa. Os alimentos doados aos moradores são adquiridos por meio do Banco de Alimentos e também dos produtores rurais urbanos de Santo André, que fornecem todas as hortaliças distribuídas, gerando riqueza para a cidade no formato de economia circular.

O programa possui um hotsite (www.semasa.sp.gov.br/moedaverde) em que é possível acessar as principais informações sobre as ações. A plataforma permite verificar a agenda de trocas, balanço de resíduos recolhidos (por núcleo), fotos, entre outras informações.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*