Diadema, Minha Cidade, Sua região

Gerente de banco é feito refém em tentativa de assalto em Diadema

Gerente de banco é feito refém em tentativa de assalto em Diadema
Gerente do banco, que estava com explosivos amarrados ao tornozelo, foi libertado após ação do Gate. Foto: Danielle Moraes especial para o Diário Regional

Atualizado às 00h30

Agência do banco Santander na Avenida Lico Maia, no Serraria, em Diadema, foi alvo de tentativa de assalto na manhã desta sexta-feira (5). O gerente de agência, que teve explosivos amarrados ao tornozelo, foi feito refém, quando se dirigia para o trabalho. Segundo Boletim de Ocorrência ao qual o Diário Regional teve acesso, o objetivo dos criminosos era fazer com que o gerente retirasse R$ 400.000 e lhes entregasse na rua ao lado do banco.

De acordo com o BO, durante patrulhamento preventivo pela Lico Maia foi avistada uma pessoa caminhando, demons­trando nervosismo, o que levou a equipe a abordá-la. Segundo o documento, uma funcionária do banco teria avisado via WhatsApp que o gerente havia deixado bilhete com pedido de socorro, avisando que estava com explosivos no corpo.
O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) foi chamado e neutralizou o dispositivo após isolar sinais de celular na área, libertando o gerente. De acordo com a Polícia Militar, os explosivos tinham potencial para causar lesões gravíssimas. Seis suspeitos de envolvimento na ação – quatro homens e duas mulheres – foram presos, acusados de fazer parte da quadrilha.

Após passar por atendimento médico, o gerente pres­tou esclarecimentos à polícia. Segundo Boletim de Ocorrência, a vítima foi abordada por dois indivíduos armados e levada para comunidade desconhecida em seu próprio veículo, onde lhe foi mostrada a detonação de um explosivo e colocado artefato semelhante em seu corpo. Posterior­mente, foi levada à agência para que rea­lizasse o saque.

 OUTROS CASOS

Por volta das 9h30 desta sexta, uma agência do Banco do Brasil, localizada na avenida Jabaquara, em São Paulo, foi roubada. Quatro criminosos renderam os seguranças, roubaram a armas e trancaram as vítimas no interior do banco. Quando a PM chegou na agência o bando já havia fugido.

A tentativa de roubo em Dia­dema aconteceu um dia após o ataque de uma quadri­lha a duas agências bancárias de Guararema, na mesma região, que resultou na morte de 11 suspeitos após intervenção da Polícia Militar.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*