Artigo, Serviços

Constituição Sinodal completa um ano

Um ano se passou desde aquela belíssima noite, de 6 de abril de 2018, no Cenforpe, em São Bernardo, onde mais de 2 mil pessoas receberam a Constituição Sinodal, documento que brotou do chão e do coração da Igreja de Santo André, repleto de fé e de esperanças.

De posse do documento, um novo desafio nos foi lançado: o de colocar em prática o 8º Plano Diocesano de Pastoral em busca da realização de nosso sonho missionário de chegar a todos. Até aqui, muitos já se empenharam e têm dado sua contribuição para que a prioridade pastoral eleita para o quinquênio 2018-2022: “Ser uma Igreja que fortaleça a Cultura e Espiritualidade do Acolhimento em permanente Ação Missionária”, oriente nossa ação pastoral evangelizadora.

A criação e fortalecimento dos Conselhos vem se mostrando primordial para o bom andamento dos trabalhos. O CPP (Conselho de Pastoral Paroquial) observando a realidade paroquial e considerando o 8º Plano de Pastoral, tem colaborado na decisão sobre quais ações propostas nos Itinerários são de maior relevância para a realidade paroquial, definindo como organizá-las e executá-las. O CRP (Conselho Regional de Pastoral) tem papel fundamental na formação e articulação para execução do 8º Plano nas paróquias de cada Região Pastoral. O CDP (Conselho Diocesano de Pastoral), por sua vez, auxilia nos encaminhamentos necessários para o desencadeamento dos oito Itinerários propostos no 8º Plano Diocesano de Pastoral. Várias ações já foram desencadeadas pelas pastorais, por meio de encontros formativos e de reflexão.

Testemunhamos neste ano uma motivação por parte de toda Igreja do Grande ABC. O povo de Deus tem respondido às propostas que lhes são apresentadas. Fica mais uma vez o convite: “Avançar para águas mais profundas! ” (Lc 5,4). Temos muito trabalho a fazer! Conclamamos a todos que permaneçam firmes no caminho, movidos pelo desejo de realizar o nosso sonho de chegar e acolher a todos.

Entrega ao Papa

Dom Pedro entregou na Quarta-Feira de Cinzas deste ano, em 06/03/2019 o documento diocesano da Constituição Sinodal ao Papa Francisco, durante audiência pública com a participação do povo e dos bispos em Roma. “Que essa visita possa nos ajudar na busca de maior unidade entre nós e com toda a Igreja, principalmente com o Magistério do Papa Francisco. Que Deus abençoe”.

Diocese de Santo André

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*