Esportes, Paulistão

Com suspensão de Deyverson perto do fim, clássico será prova de fogo para Borja

Com suspensão de Deyverson perto do fim, clássico será prova de fogo para Borja
Borja anotou apenas três gols nesta temporada. Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras

O clássico com o São Paulo, no sábado, pelo Campeonato Paulista, terá peso maior para o atacante Miguel Borja. Criticado por parte da torcida do Palmeiras, o colombiano terá no Pacaembu a última chance para mostrar serviço antes de Deyverson retornar da suspensão de seis jogos no Campeo­nato Paulista e aumentar a concorrência pela titularidade.

O adversário tem um significado especial para Borja. As boas atuações contra o São Paulo alavancaram a carreira dele em 2016, quando ainda estava no Atlético Nacional. O atacante estreou pelo clube no Morumbi, em jogo da semifinal da Libertadores, e marcou os gols da vitória por 2 a 0.

Borja voltaria a marcar ou­tras duas vezes na partida de volta, em Medellín. Com a camisa do Palmeiras, novamente fez gol no São Paulo. Pelo Campeonato Paulista do ano passado, anotou uma vez na vitória por 2 a 0 no Allianz Parque, placar que causou a demissão do técnico Dorival Junior.

O treinador do Palmeiras, Luiz Felipe Scolari, defendeu Borja ontem (13). Depois de Deyverson ganhar chance e fazer um gol contra o Melgar, pela Libertadores, o técnico explicou que, apesar de o colombiano ter marcado apenas três vezes neste ano, tem sido útil para o time em outras funções.

“Não podemos esquecer que o Borja resolveu dois pê­naltis, fez gols e participou de outras jogadas. Desperdiçou umas chances, mas já deu sua contribuição”, disse.

O próprio concorrente direto do colombiano, Deyverson, está ansioso para voltar a atuar pelo time no Estadual, mas apoiou o colega. “Borja vem fazendo grandes jogos, sofrendo pênaltis, ajudando a equipe. Fazer gol é só para quem tenta. Isso é normal do futebol.”

EM ASCENSÃO

Enquanto Borja luta para recuperar o status de goleador da equipe, o meia-atacante Ricardo Goulart acredita que ainda tem potencial para evoluir no Palmeiras, apesar dos elogios pelas boas atuações recentes. Na terça-feira, foi decisivo na vitória sobre o Melgar por 3 a 0.

Goulart participou dos três gols do jogo ao marcar um e dar o passe para outros dois, marcados por Felipe Melo e Deyverson. “Estou em uma porcentagem de 85%. Falta um pouco de ritmo de jogo. Agora é treinar forte durante a semana. Sei que tem jogo atrás de jogo. Vou trabalhar especificamente com os profissionais que têm me ajudado e dar sequência. Estou sendo abençoado com esses gols. Eu sempre me dediquei”, disse.

 

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*