Copa do Brasil, Esportes, Futebol

Santos goleia América-RN e se classifica à 3ª fase da Copa do Brasil

Santos goleia América-RN e se classifica à 3ª fase da Copa do Brasil
O Santos, de Victor Ferraz, sobrou no Pacaembu. Foto: Ivan Storti/Santos FC

Com facilidade e grande produção ofensiva, o Santos se classificou à terceira fase da Copa do Brasil. Nesta quinta-feira (7), no estádio do Pacaembu, o time sobrou diante do América-RN e, mesmo desperdiçando muitas oportunidades, não teve problemas para aplicar goleada de 4 a 0.

O triunfo foi o segundo com placar dilatado na competição nacional para o Santos – que, na fase inicial, massacrou o piauiense Altos por 7 a 1. Agora, na terceira fase, o time terá pela frente o Atlético-GO. O mando de campo dos duelos vai ser definido por meio de sorteio nesta sexta-feira na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Assim, o time não correu riscos após levar muitos sustos em seus dois compromissos anteriores no Pacaembu, com a eliminação para o uruguaio River Plate na Copa Sul-Americana e o triunfo apenas no último lance contra o Oeste, pelo Campeonato Paulista.

Dessa vez, o time contou com o brilho de Rodrygo, autor de um gol e de muitos dribles, para vencer o América-RN. Jean Mota fez seu oitavo nesta temporada pelo Santos e Felipe Aguilar marcou o primeiro pelo time, em gols que saíram no segundo tempo – Derlis González havia marcado na etapa inicial. A baixa do Santos foi o meia peruano Cueva, que não ficou sequer no banco de reservas após se apresentar com atraso depois da folga de Carnaval. Sua vaga foi ocupada por Soteldo.

Garantido nas quartas de final do Paulistão, o Santos voltará a jogar no domingo, quando vai visitar o rival Corinthians em clássico marcado para o estádio do rival e válido pela décima rodada.

O JOGO

O Santos teve bons 20 minutos iniciais no Pacaembu. Quase marcou logo no começo em uma boa trama entre Carlos Sánchez e Derlis, foi perigoso em investidas pela esquerda de Jean Mota, que se revezava na lateral com Diego Pituca, e também contou com a ofensividade de Rodrygo, algumas vezes derrubado com faltas duras, para tentar envolver o América-RN.

Parecia um jogo sob controle do Santos, mas aos poucos o América-RN conseguiu frear a velocidade do rival, ficando um pouco mais com a posse de bola e quase marcando, não fosse a intervenção precisa de Felipe Aguilar.

Aí Rodrygo e o bom jogo coletivo do Santos fizeram a diferença. Aos 34 minutos, o atacante driblou dois marcadores, passou para Jean Mota, que tocou para Soteldo acionar Pituca. Dele, saiu o cruzamento para Sánchez, que cabeceou em cima de Kaike. A bola sobrou para Derlis, que bateu forte para marcar.

Mesmo com o jogo sob controle, o Santos voltou melhor para o segundo tempo e enfileirou chances desperdiçadas, as principais com Derlis e Sánchez, até ampliar com a ajuda da defesa potiguar. Aos 15, o uruguaio cabeceou para grande defesa de Ewerton. No rebote, Kaike chutou em cima de Derlis, com a bola sobrando para Jean Mota, sozinho, marcar de peito.

Sem oferecer muita resistência na defesa, o América-RN até assustou em dois ataques, ambos contando com boas defesas de Everson. Porém, nada que abalasse o domínio incontestável do Santos, liderado pela grande atuação de Rodrygo, com lindos dribles. Seu gol saiu aos 24 minutos, quando recebeu passe de Derlis na grande área e bateu com categoria para fazer 3 a 0.

Com a classificação assegurada, Sampaoli aproveitou os últimos minutos no Pacaembu para promover a estreia entre os profissionais do zagueiro Wagner Leonardo e ainda viu o América-RN ter Alison expulso. Também marcou pela quarta vez, com carrinho de Felipe Aguilar após Victor Ferraz desviar cruzamento de Jean Mota, aos 38 minutos.

 

SANTOS 4 X 0 AMÉRICA-RN

Gols: Derlis González, aos 34 minutos do primeiro tempo. Jean Mota, aos 15; Rodrygo, aos 24; e Felipe Aguilar, aos 38 minutos do segundo tempo. Árbitro: Daniel Nobre Bins (CBF/RS).  Expulsão: Alisson. Renda: R$ 211.302 (7.229 pagantes). Estádio: do Pacaembu, em São Paulo, nesta quinta-feira

SANTOS

Everson; Victor Ferraz, Felipe Aguilar, Gustavo Henrique (Wagner Leonardo) e Diego Pituca; Alison (Jean Lucas), Carlos Sánchez e Jean Mota; Rodrygo (Eduardo Sasha), Derlis González e Soteldo. Técnico: Jorge Sampaoli.

AMÉRICA-RN

Ewerton; Vinicius, Alisson, Adriano Alves e Kaike; Leandro Melo, Adenilson, Hiltinho (Roger Gaúcho), Diego (Alisson Brand) e Adriano Pardal; Jean Patric (Murici). Técnico: Moacir Júnior.

 

 

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*