Esportes, Paulistão

São Caetano vê jogo com o Bragantino como decisão

Na zona do rebaixamento e sem vencer no Estadual, Azulão inicia hoje sequência de seis partidas para garantir permanência na elite
Treino do São Caetano no Campanella: equipe ainda não venceu no Paulistão. Foto: Fabrício Corinove/AD São Caetano

O São Caetano completou metade do Campeonato Paulista em uma situação que nem mesmo o torcedor mais pessimista poderia imaginar antes do início do Estadual. De favorito a ficar com uma das vagas do Grupo A nas quartas de final, o Azulão ocupa a lanterna da chave e, pior, está na zona do rebaixamento, com apenas três pontos e nenhuma vitória na competição.

Como a classificação para os mata-matas tornou-se um sonho distante, ainda mais depois da vitória do Red Bull Brasil por 3 a 1 sobre o Botafogo, na noite de ontem (15), o Azulão tem, agora, a permanência na elite como seu foco principal. O primeiro desafio é contra o Bragantino, hoje, às 16h30, no Estádio Anacleto Campanella, pela séti­ma rodada do Paulistão.

Em seis jogos, o São Caetano somou pontos nos empates contra Corinthians, Ituano e São Bento, mas perdeu para Oeste, Botafogo e Palmeiras. O Bragantino, por sua vez, tem oito pontos e, apesar da derrota para o alviverde (2 a 0) na última segunda-feira, ocupa a vice-liderança do Grupo C. Tem a mesma pontuação da Ferroviária, mas fica atrás no saldo de gols.

Pintado não pode reclamar de tempo para treinar. O técnico teve a segunda semana cheia consecutiva para trabalhar e trata o duelo des­ta tarde contra o Bragantino como verdadeira decisão.

“O momento é de superação, pois tudo ainda está em nossas mãos. Precisamos, mais do que nunca, conseguir o resultado positivo. É um momento decisivo para irmos em busca da vitória”, afirmou.

Dono de passado vitorioso com a camisa do próprio Massa Bruta, Pintado analisou as virtudes do adversário e exi­giu total atenção do grupo.

“O Bragantino é um clube muito próximo. Sou de Bragança Paulista e, portanto, conheço bem o time. É sempre uma equipe muito difícil de jogar, pois atua de maneira intensa e marca muito forte”, avaliou Pintado.

“Será um jogo difícil, mas minha principal preocupação, neste momento, é com nossa equipe. Para lidar com as dificuldades da partida, procuramos trabalhar bem durante a semana”, explicou o treinador, que não poderá escalar o lateral-esquerdo Marquinhos, suspenso devido ao terceiro cartão amarelo.

No Bragantino, o técnico Marcelo Veiga também quebra a cabeça para montar a equipe que atuará no Campanella. O lateral-esquerdo Léo Rigo foi vetado pelo departamento médico e a pri­meira opção é Acácio, mas Buiu também trei­nou no se­tor e pode ser titular no ABC.

 

SÃO CAETANO X BRAGANTINO

Ár­bi­tro: Flavio Rodrigues de Souza. Estádio: Anacleto Campanella, em São Caetano, às 16h30. TV: Sportv.

SÃO CAETANO

Jacsson; Alex Reinaldo, Joécio, Max e Capa; Pablo, Vinicius Kiss e Vitinho; Diego Rosa, Rafael Marques e Minho. Técnico: Pintado.

BRAGANTINO

Alex Alves; Itaqui, Lazaro, Junior Baiano e Acacio (Buiu); Klauber, Magno e Rafael Chorão; Vitinho, Matheus Peixoto e Wesley. Técnico: Marcelo Veiga.

 

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*