Economia, Notícias

Coop vai investir R$ 147 milhões, abrir três lojas e sete drogarias neste ano

Coop vai investir R$ 147 milhões, abrir três lojas e sete drogarias neste ano
Coop possui 31 unidades de distribuição, das quais 23 localizadas no ABC. Foto: Divulgação/Coop

Confiante na retomada do consumo, a Coop iniciou 2019 bastante otimista. A coope­ra­tiva anunciou, ontem (9), in­vestimentos de R$ 147 mi­lhões em sua rede neste ano, montante 145% superior ao aplicado em 2018 (R$ 60 milhões).

Com o valor, a Coop pretende abrir três lojas – uma delas atrasada, inicialmente prevista para 2018 – e outras sete drogarias de rua, além de reformar quatro unidades e lançar apli­cativo para reforçar o rela­cio­namento com os clientes.

Segundo o presidente exe­cutivo da Coop, Marcio Valle, a virada do consumo tem dado sinais desde o segundo semestre de 2018, período em que as vendas apresentaram crescimento entre 3% e 4% acima da inflação do período.

“O consumidor está vol­tando ao mercado de forma muito moderada, mas está voltando”, destacou Valle. Com o desempenho positivo dos últimos seis meses, a Coop deve fechar 2018 com crescimento nominal entre 2% e 3% em relação ao ano passado e faturamento na ordem de R$ 2,2 bilhões – a projeção era de expansão de 4%.

Outro motivo de comemoração foi a conquista de 60 mil novos cooperados. Além disso, 817 mil cooperados realizaram compras nas lojas e drogarias da rede ao longo do ano, flu­xo 4% maior do que 2017.

O faturamento poderia ter sido maior caso o projeto da loja Giovanni Pirelli, prevista para ser inaugurada no ano passado em Santo André, tivesse saído do papel. Por conta de entraves burocráticos relacionados à li­beração das obras, a Coop dei­xou de cumprir o cronograma estabelecido e estuda buscar novos locais na cidade para futuros investimentos.

Segundo o executivo, as duas unidades contempladas no planejamento estratégi­co de 2019 ainda não têm en­dereços definidos. Das sete drogarias previstas, quatro têm locais con­firmados. Uma delas abrirá no pri­meiro trimestre no Mauá Plaza Shopping, e as demais em Santo André, São Bernar­do e São Caetano até julho.

Mesmo com a concorrência acirrada no segmento farma, as drogarias da rede apresentam bom desempenho e já res­pondem por 16% do fornecimento geral da Coop. “Nosso projeto de expansão das unidades de rua continua sendo um negócio promissor, até pela sinergia existente com a operação das lojas de supermercados e pelo nosso conhecimento do ramo”, explicou Valle. A no­va previsão da cooperativa é che­gar em 2023 com 104 droga­rias, entre internas e de rua.

Ao mesmo tempo em que a marca cresce no semento farma, a Coop não desvia os o­lhos de seus supermercados. Do investimento previsto para 2019, R$ 35 milhões serão empregados na reforma das lojas Pereira Barreto e Carijós (Santo André), Café Filho (São Bernardo) e Morumbi (São José dos Campos). Além disso, os projetos-piloto que deram largada em 2018, como a loja da Swift, cafeteria e restaurante em parceria com a Nestlé, tendem a ser expandidos para as demais unidades.

 

2 Comentarios

  1. Josiane Bezerra da silva

    Muito bom, gerar emprego espero fazer parte da empresa coop

  2. Urruuuu !!! Sensacional

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*