Minha Cidade, São Bernardo do Campo, Sua região

São Bernardo ganha 1ª unidade do programa Bom Prato Dia e Noite

    Sob gestão Doria, São Bernardo ganha sua 1ª unidade do programa Bom Prato Dia e Noite
Morando vistoriou a unidade, que será a primeira do ABC a servir três refeições diárias. Foto: Ricardo Cassin/PMSBC

O Bom Prato de São Bernardo, que será um dos primeiros em todo o Estado a servir três refeições completas ao público em vulnerabilidade social, com oferta de café da manhã, almoço e jantar, será inaugurado na próxima quinta-feira (10). A unidade disponibilizará alimentação balanceada, nutritiva e a preços populares: café a R$ 0,50, almoço e jantar a R$ 1. O restaurante está localizado em área anexa ao Poupatempo, na região central, próximo ao terminal de ônibus João Setti e às principais linhas de ônibus do município.

 Além de servir alimentação no período noturno, uma nova comunicação visual será implementada, em modelo pioneiro, de serviços ofertados, intitulado pela atual gestão estadual como “dia e noite”. Outra novidade é a disponibilização de cursos sobre alimentação saudável, reaproveitamento de alimentos, entre outros.

Para o prefeito Orlando Morando, o programa é uma das melhores ferramentas de inclusão social para pessoas de baixa renda. “É digno que todo cidadão tenha o direto de ter uma alimentação. Com este modelo, nos sentimos com a missão cumprida, sabendo que o cidadão terá três refeições diárias de qualidade. O governador já inicia sua gestão com total clareza que as pessoas mais humildes serão prioridades em sua gestão, mostrando sensibilidade e permitindo que os pobres tenham o direito de se alimentar bem, inclusive no jantar”, destacou.

Funcionamento

A unidade do Bom Prato em São Bernardo terá capacidade para oferecer 1,5 mil almoços diários, por R$ 1, e 300 cafés da manhã, a custo de R$ 0,50. A quantidade de jantares está sendo definido pelo Estado. Porém, a expectativa é de que sejam disponibilizadas de 400 a 500 refeições diárias a custo de R$ 1. Crianças de até seis anos de idade terão alimentação gratuita, a exemplo do modelo vigente nas demais unidades do programa. Todas as refeições passam por rigoroso controle do Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital).

A unidade funcionará de segunda à sexta-feira, das 7h30 às 9h, no café da manhã, das 10h30 às 14h, no almoço, e das 17h30 às 19h no jantar. Todos os serviços serão desempenhados pelo Centro Regional de Atenção aos Maus Tratos na Infância do ABCD (Crami), entidade vencedora de chamamento público para gerenciamento do espaço.

Inicialmente, foram investidos R$ 4,1 milhões no local – sendo R$ 2,2 milhões do Estado (R$ 1 milhão para implantação do restaurante e R$ 1,2 milhão para custeio de refeições ao longo de dez meses) e outros R$ 1,9 milhão de contrapartida do município.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*