Últimas notícias

Tentativa de roubo a bancos deixa ao menos 12 mortos no Ceará

Pelo menos 12 pessoas foram mortas em uma tentativa de assalto a dois bancos, na madrugada desta sexta-feira (7), na cidade de Milagres, região do Cariri, no Ceará. Segundo a Secretaria da Segurança Pública do Estado, após confronto com policiais, seis membros da quadrilha morreram. As outras vítimas eram reféns – cinco da mesma fa­mília – e informações preliminares indicam que houve execução por parte dos bandidos.

Milagres, a 487 quilôme­tros de Fortaleza, tem cerca de 28 mil habitantes. A tentativa de roubo às agências do Banco do Brasil e do Bradesco foi por volta das 2h30. A quadrilha estava com os reféns quando a PM chegou e, dizem testemunhas, houve intenso tiroteio. Dois bandidos acabaram detidos depois. Nenhum dinheiro foi levado.

“Entre as vítimas, estão os assaltantes e essa família, que estava em trânsito. Foi uma fatalidade, pois passavam na hora e foram pegos como reféns no confronto com a polícia”, afirmou o sargento da PM Inaldo Lopes. A quadrilha teria atua­ção interestadual, com foco no Nordeste, segundo o secretário da Segurança, André Costa.

Primeiramente, os bandidos assaltaram um caminhão na BR-116, entre Milagres e Brejo Santo. A família, que passava de carro pela rodovia, foi sequestrada e obri­gada a entrar em Milagres. O empresário João Batista Magalhães, 46 anos, e o filho Vinícius, de 14, retornavam do Aeroporto de Juazeiro do Norte, onde haviam ido buscar parentes que chegavam de São Paulo para passar o Natal.

Além dos Magalhães e de Vinícius, morreram a cunhada Claudineide Souza, 42 anos, o marido dela, Cícero Santos, 60, e o filho do casal, Gustavo, de 13. “Foi uma tragédia. Toda a família e a cidade estão aos prantos”, destacou Tadeu Gama, cunhado do empresário, que era de Serra Talhada (PE).

Milagres já havia sofrido tentativa de ataque na semana anterior, segundo o diretor do Sindicato do Bancá­rios do Ceará, Gabriel Mota. Por isso, a polícia investigava a ação da quadrilha e conseguiu interceptá-la.

A polícia também encontrou um homem morto em uma caminhonete abandonada, com colete à prova de balas, e investiga sua relação com os ataques. Três veículos envolvidos no crime, um Celta e duas caminhonetes, foram apreendidos.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*