Esportes, Futebol

Corinthians confirma a volta de Fábio Carille

Corinthians confirma a volta de Fábio Carille
Carille vai reassumir outro Corinthians, mais modesto e com menos dinheiro em caixa. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

O Corinthians oficializou ontem (7) a contratação do técnico Fábio Carille, que deixou o clube no início do ano para “ganhar um caminhão de di­nheiro”, como ele mesmo disse, na Arábia Saudita. O treinador volta com vínculo até o final de 2020. Ele substituirá Jair Ventura, demitido na última segunda-feira após fraca campanha nos últimos meses.

A diretoria do clube paulista pagou a multa rescisória de US$ 700 mil (R$ 2,7 milhões) ao Al-Wehda. Carille deixou o Corinthians em maio, após ser bicampeão paulista (2017 e 2018) e também ter faturado o Campeonato Brasileiro do ano passado. Nos bastidores, comenta-se que um dos motivos para sua volta ao Brasil foi a decepção com os dirigentes árabes, que não cumpriram a promessa de montar um time forte. O treinador deve permanecer até o final do ano na Arábia Saudita – até que o Al-Wehda defina seu substituto. Mesmo assim, Carille já começou a pensar no elenco.

O Corinthians não informou a data de apresentação do técnico. Por meio de nota, avisou que “a reapresentação do elenco e da comissão técnica está marcada para 3 de janeiro”. A assessoria de Carille também disse que não há data para a primeira entrevista e que o técnico seguirá na Arábia Saudita até 28 de dezembro, quando o Al-Wehda faz o último jogo no ano, em casa, contra o Al-Ahli.

Carille trará quase toda a comissão técnica de volta ao Corinthians. Estão confir­mados o auxiliar técnico Lean­dro Silva, o observador Mauro da Silva, o preparador físico Walmir Cruz e o analista de desempenho Denis Luup. A exceção será o preparador de goleiros Mauri Lima, por não ter boa relação com o presidente Andrés Sanchez. Mauri ainda não definiu se voltará para o Brasil ou se permanecerá trabalhando no Al-Wehda.

Carille reassume um outro Corinthians, com menos di­nheiro em caixa, com projeção de investimento mais mo­desta para 2019, sem alguns jogadores com os quais foi campeão e mais cobrança da torcida. Jair Ventura deixou o time com retrospecto de rebaixado e aproveitamento de 31,6%. Em 19 jogos, somou apenas quatro vitórias, com seis empates e nove derrotas.

HISTÓRICO

Carille foi contratado pe­lo Corinthians pela primeira vez em 2009 para formar a comissão técnica permanen­te do clube. Na época, Mano Menezes era o treinador. Quan­do Mano deixou o clu­be para assumir a seleção bra­sileira, Carille se tornou auxiliar de Adílson Baptista. Na sequência, veio Tite e o período de principais conquistas da história do clube. Entre 2011 e 2013, como au­xiliar, conquistou o Brasileirão, Co­pa Libertadores, Mundial de Clubes da Fifa, Paulistão e Recopa Sul-Americana.

Em 2014, Mano Menezes retornou ao clube. Depois, mais uma vez, Tite assumiu. Cristóvão Borges comandou o time em 2016. Carille assumiu interinamente pela primeira vez até a chegada de Oswaldo de Oliveira. Em 2017, foi efetivado. Fez 114 jogos à frente do time – com 59 vitórias, 32 empates e 23 derrotas.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*