Minha Cidade, São Bernardo do Campo, Sua região

Sabesp inaugura mini-hidrelétrica em São Bernardo

São Bernardo conta com primeira mini-hidrelétrica  do país
Sistema garante autossuficiência no bombeamento de água. Foto: Gabriel Inamine/PMSBC

A Sabesp entregou nesta quarta-feira (5) a primeira mini-hidrelétrica do Brasil com tecnologia “turbogerador” em São Bernardo. O sistema utiliza a força da água que passa pela tubulação para gerar energia elétrica. O equipamento foi instalado no reservatório Mussolini, região do Rudge Ramos, e tem capacidade de gerar mais de 20 mil kWh ao mês.

A energia produzida será utilizada na estação de bombeamento que fornece água para 46 mil pessoas da região, tornando o setor de abastecimento autossuficiente em energia e proporcionando economia de R$ 142 mil por ano na conta de luz da Sabesp. A companhia precisa de energia para bombear água até as casas. Com a inovação, mesmo que aconteça a interrupção da energia no sistema da concessionária de luz, o fornecimento de água continua garantindo na região por conta do turbogerador.

A expectativa é que a tecnologia seja aplicada em mais 16 áreas do ABC, que atualmente passam por estudo de viabilidade, dando autonomia energética para abastecimento de outros pontos da região prejudicados por quedas recorrentes de energia elétrica. “A água que vem por este reservatório vai servir para suprir eventual interrupção no fornecimento de energia elétrica, além de dar autonomia para abastecimento do sistema, sem queima de combustível. Isso vai atender toda a região, que não terá mais risco de interrupção no abastecimento de água por falta de energia”, destacou o prefeito Orlando Morando (PSDB).

De acordo com o supe­rintendente da unidade Sul da concessionária, Roberval Tavares de Souza, o eventual excedente de energia que for produzido será utilizado para suprir o consumo do escritório da Sabesp, loca­lizado no mesmo terreno e também pode ser vendido para empresa concessio­nária de eletricidade, a Enel (antiga Eletropaulo). O total de investimento para a instalação do equipamento foi de R$ 390 mil.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*