Mauá, Minha Cidade, Sua região

Prefeitura de Mauá abre hoje inscrições para Frente de Trabalho

Prefeitura de Mauá abre hoje  inscrições para Frente de Trabalho
Paço disponibiliza computadores para realização da inscrição. Caio Arruda/PMM

Com o objetivo de enfrentar a crise e promover requalificação profissional do trabalhador, a Prefeitura de Mauá abre a partir de hoje (1º) as inscrições para o programa Frente de Trabalho, que oferece 150 vagas. As atividades terão carga horária de 40 horas semanais, que compreenderão cursos de capacitação e qualificação, além de taferas de limpeza, conservação de bens, vias e logradouros públicos e outros serviços previstos no edital.

As inscrições para o programa terminam às 23h59 do dia 7 de dezembro e estão acessíveis no site da Prefeitura de Mauá (www.maua.sp.gov.br), bastando em seguida clicar na janela pop-up, ou vir pessoalmente no Paço, a fim de usar computadores disponibilizados, das 8h às 13h. Os selecionados receberão, em título de benefício, bolsa-auxílio no valor de um salário mínimo vigente, auxílio-alimentação, vale-transporte e seguro contra acidentes.

Para se candidatar, o inte­ressado deve ter domicílio na cidade por no mínimo três anos, apresentar o comprovante de votação das duas últimas eleições ou certidão de quitação eleitoral. A idade mínima para participar do processo é de 18 anos e a máxima varia de 60 anos para mulheres e 65 aos homens. Outro critério é a renda mensal familiar per capita do candidato não poder superar a faixa de 50% do salário mínimo fixado no ano vigente.

Segundo o edital do programa, o candidato deve estar em situação de desemprego há seis meses ou em um período superior, sem receber seguro-desemprego ou qualquer outro benefício previdenciário. Caso o postulante à vaga tenha fi­lho, na faixa etária de 6 a 15 anos, deverá mantê-lo matriculado em escola com presença comprovada bimestralmente em sala de aula, em 75% do período escolar, entre outros critérios disponíveis no site da administração municipal.

ALTERNATIVA

Para o prefeito Atila Jacomussi, a Frente de Traba­lho é uma amostra de política pública para combater a onda de de­semprego, ao oferecer à população de baixa renda uma alternativa de qualificação ao mercado de trabalho. “A população pediu e vou atender. São 150 vagas no programa de forma direta para se inserir no mercado de trabalho e, principalmente, queremos atender as pessoas que têm necessidades e vivem em situação de vulnerabilidade social”, apontou.

Após efetivar a inscrição, o candidato deverá imprimir o protocolo e apresentar as cópias das documentações soli­citadas no Ginásio Poliespor­tivo Celso Daniel, situado na Rua Fábio José Delpoio, 128, Vila Noêmia. A ordem para entregar a papelada ocorrerá pela letra inicial do primeiro nome: dia 12 de dezembro, apresentam-se os postulantes com iniciais A a J; dia 13, das letras de K a Q; e em 14 de dezembro, de R a Z; todos os atendimentos ocorrerão das 8h às 17 horas.

A classificação dos candidatos se dará por pontuação, ao avaliar idade, renda mensal familiar per capita, tempo de desemprego, grau de escolaridade (prioridade a quem tem menor nível escolar) e condições de moradia, entre outros. Conforme determina decreto federal, 5% do total das vagas serão destinadas para pessoas com necessidades especiais, enquanto inscritos com idades superiores a 60 anos têm cota de 10% (divididos em 5% para homens e mulheres, que somente terão esse porcentual acima do limite de idade prevista no edital).

O período de requalificação profissional da Frente de Tra­balho é de 12 meses. Na expectativa do governo, o processo possibilitará a capacitação dos beneficiados, para que se mantenham ativos no mercado. Além do projeto, a Secretaria de Trabalho e Renda, em parceria com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), oferecerá aos beneficiados cursos sobre empreendedorismo.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*