Minha Cidade, São Bernardo do Campo, Sua região

Mercado Municipal do Rudge Ramos completa 50 anos

Mercado Municipal do Rudge completa 50 anos
mercadão conta com 65 lojas, com diversos tipos de produtos, que vão de verduras, legumes, carnes e laticínios a calçados, roupas, papelaria e utensílios domésticos. Foto: Divulgação

Patrimônio histórico-cultural de São Bernardo, o Mercado Municipal do Rudge Ramos (Avenida Caminho do Mar, 3344) completa 50 anos de história hoje (10), com uma grande festa. Organizado pela Prefeitura de São Bernardo, por meio da Secretaria de Cultura, a celebração começa às 10h, com a bênção do Padre Beto, da Igreja São João Batista, e vai até às 21h, com workshops gastronômicos, apresentações musicais, pinturas faciais e de dança.

Mercado Municipal do Rudge completa 50 anos
Mercadão foi inaugurado em 10 de novembro de 1968. Foto: Divulgação

Inaugurado em 1968, o mercadão conta com 65 lojas, com diversos tipos de produtos, que vai das verduras, legumes, carnes e laticínios a calçados, roupas, papelaria e utensílios domésticos. Possui cerca de 3.000 frequentadores por semana. Mais do que um espaço para compras, o Mercado Municipal do Rudge Ramos fortaleceu ao longo desses anos a relação de amizade entre os comerciantes e moradores.

Frequentador do espaço, o prefeito Orlando Morando exalta a trajetória e toda a representatividade do Mercadão. “A Prefeitura apoia todas ações que valorizam a história da nossa cidade. Este lugar, em especial. Sua tradição é reconhecida por toda a população”, disse.

Para o secretário de Cultura e Juventude, Adalberto Guazzelli, é fundamental preservar o patrimônio histórico-cultural da cidade, por isso esta Pasta está à frente de toda a programação. ““Vínhamos ao Mercado do Rudge em passeios de final de semana. Sendo uma das metas do governo Orlando Morando, o resgate e estímulo a pontos tradicionais da cidade, esta festa, em ação conjunta, para comemorar 50 anos do espaço, ratifica esse propósito”, disse.

A comerciante Sonya Centurion, 56 anos, mantém duas lojas no Mercado Municipal do Rudge Ramos desde 1976. Tudo começou quando sua mãe participou da licitação para outros ramos – desde sua inauguração, em 1968, o mercado só contava com alimentos – e abriu um bazar. “Vinha trabalhar com ela desde os 14 anos. Tinha o sonho de fazer psicologia, mas o trabalho no dia a dia fez com que me apaixonasse pelo que fazia. E assumi o negócio, hoje dividido em duas lojas – uma papelaria e um bazar”, afirmou Sonya, que já foi presidente da Associação dos Permissionários do Mercado Municipal por dois mandatos.

A permissionária Marlene Farias José, 78 anos, está no mercado desde a sua fundação, 10 de novembro de 1968, com um açougue. “Eu e meu marido fechamos um açougue que tínhamos em Santo André. Naquela época, não havia comércio no Rudge Ramos, foi o primeiro mercado que abriu no bairro. Passamos por muita coisa. Perdi meu marido, cinco anos depois, e contei com a ajuda dos meus pais e filhos para manter o açougue em funcionamento”, afirmou.

Há alguns anos, Marlene pensou em vender o espaço, mas o neto Rodrigo Papadopolli, de 28 anos, deixou a profissão de veterinário para continuar tocando o negócio da família. “Minha família construiu sua vida aqui. E não podia deixar essa história morrer”, complementou.

REVITALIZAÇÃO

O Mercado Municipal deverá passar por uma revitalização para melhorar a sua acessibilidade, além de outras intervenções que estão em estudo. As obras deverão ser feitas pela Prefeitura de São Bernardo em parceria com a Associação dos Permissionários do Mercado Municipal. O comerciante Bruno Pereira PInto Flório, 31 anos, proprietário de um empório no local, já deu seu recado. Não deseja grandes mudanças.

Sua família possui boxes no Mercado Municipal de São Paulo e lamenta as transformações realizadas no local. “O Mercado Municipal do Rudge Ramos tem de continuar do jeito que está. Aqui é um ponto comercial, no qual as pessoas compram o que precisam, não um ponto turístico. As mudanças no Mercado Municipal de São Paulo acabaram matando os pontos comerciais, e o diferencial daqui é ser exatamente do jeito que é”, disse.

Serviço – O Mercado Municipal do Rudge Ramos funciona de segunda à sábado, das 8h às 19h, e está localizado na Avenida Caminho do Mar, 3.344, bairro Rudge Ramos.

PROGRAMAÇÃO DE ANIVERSÁRIO

10h – Cerimônia de Abertura com a Paróquia São João Batista

11h – Taiko Kiendaiko

Fundado em 2006 no Bunka de São Bernardo do Campo, o grupo combina a garra e o esforço do povo japonês à diversidade e alegria do povo brasileiro para levar a todos esta arte milenar.

Das 12h às 17h – Pintura Facial

12h – Luciano Rissetto

Com mais de 25 anos de carreira, o músico iniciou sua trajetória em programas de calouros. No repertório, clássicos do rock nacional e mundial, como Legião Urbana, Elvis Presley, entre outros.

13h – Cia. Helder Cirque

A Cia. Helder Cirque é formada por jovens e adultos profissionais da arte circense, em especial ex-alunos e ex-professores da DAJuv (Divisão de Ações Ligadas à Juventude, da Secretaria de Cultura e Juventude), que por amor a essa arte, se uniram com o objetivo de difundir a linguagem e disseminar a cultura pela cidade.  No grupo há malabaristas, equilibristas, acrobatas, palhaços e contorcionistas.

14h – K-Pop

A Bele Fusco Escola de Danças ensina sua arte há 30 anos em São Bernardo. Entre suas várias modalidades, apresenta no aniversário do Mercado  o k-pop – dança coreana- com o grupo BFK01, que é patrocinado pela BF Entertainment.

14h30 – Workshop de Suco Termogênico para o Verão – Senac

Com o gastrônomo e chef de cozinha Bruno Bertozo. Bruno desenvolve projetos de consultoria gastronômica para bares e restaurantes, além de ser  personal chef. Possui formação em Gastronomia (com especialização em Tecnologia dos Alimentos) e em Administração e Marketing. Como docente, ministra aulas de Gastronomia e Alta Cozinha e Gestão de Alimentos e Bebidas no  Senac.

15h – Serestas Lúmen

Com 28 anos de trajetória,  o Serestas Lúmen se dedica à MPB, reunindo composições de seresteiros das décadas de 20 e 30 até compositores contemporâneos. O casamento perfeito entre melodia e letras que falem de amor, carinho e emoção.

16h – Workshop de Pasta de Beterraba e Castanha de Caju – Senac

Com o gastrônomo e chef de cozinha Bruno Bertozo.

17h – Banda 4P

Banda com repertório eclético, com o objetivo de atingir todos os públicos. Formada em 2016, inspirou-se em bandas de baile e cover.

18h15 – Memórias de uma Gueixa – Escola de Dança Márcia Bueno

A Escola de Dança Márcia Bueno há 35 anos vem educando por meio da dança Já representou a cidade de São Bernardo em diversos festivais nacionais e internacionais, como o Festival de Joinville e o Youth America Gran Prix New.

18h30 – Trio Flor de Mussambê

Com 20 anos de estrada, o trio de forró pé de serra exalta a cultura popular tradicional através de músicas e instrumentos típicos da região nordestina.

19h – Workshop de Alimentação Brasileira Privilegiando Nossos Biomas Brasileiros

Com Ana Tomazoni

20h – Nó na Pedra

O grupo surgiu nas rodas de samba e de choro com os amigos. Atualmente tem no repertório samba, MPB, choro e bossa nova.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*