Política-ABC, Regional, Sua região

Bolsonaro repete primeiro turno, vence Haddad nos sete municípios e tem 62,1% dos votos no ABC

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), repetiu o desempenho do primeiro turno e foi o candidato mais votado no ABC. O capitão reformado somou 900,8 mil votos na região, o que representa 62,1% do total válido, contra 549,3 mil de Fernando Haddad (PT), ou 37,9%.

A vantagem de Bolsonaro sobre o petista foi maior no ABC do que no país, onde o pesselista recebeu 55,1% dos votos válidos, contra 44,9% do ex-ministro da Educação (veja gráfico ao lado).

Bolsonaro levou a melhor sobre Haddad nos sete municípios. Em termos porcentuais, o capitão reformado ob­teve a maior vantagem em São Caetano, com 75,1% dos votos válidos. Na sequência, o pessedista recebeu as maiores votações em Santo André (66,8%), Ribeirão Pires (66,7%), Mauá (62,1%), São Bernardo (59,6%), Rio Grande da Serra (59,2%) e, por fim, Diadema (52,0%).

Berço do PT, o ABC voltou a impor revés ao partido no segundo turno da eleição presidencial. Em 2014, Aécio Neves foi derrotado por Dilma Rousseff (PT), que foi eleita para segundo mandato, mas o tucano foi o mais votado na região, com 58,0% do total, contra 42,0% da petista.

NÃO VOTO

Ainda segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 217,5 mil eleitores anularam seu voto ou votaram em branco no ABC, o que representa 13% do total de pessoas que compareceram às urnas no último domingo.

O chamado “não voto” – soma de abstenções, votos nulos e em branco – ficou em 645,9 mil, ou 30,8% do eleitorado da região.

Bolsonaro repete primeiro turno, vence Haddad nos sete municípios e tem 62,1% dos votos no ABC

França leva a melhor no ABC e
supera Doria em cinco municípios

O ex-prefeito da Capital João Doria (PSDB) será o novo gover­nador de São Paulo, mas foi derrotado no segundo turno no ABC por Márcio França (PSB). O atual ocupante do Palácio dos Bandeirantes foi ape­nas o quarto mais votado na região no primeiro turno, mas levou a me­lhor sobre o tucano em cinco dos sete municípios.

França somou 691,8 mil votos na região, com 51,1% do total válido, contra 662,7 mil de Doria (48,9%).

O socialista obteve a votação mais expressiva em Dia­dema, com 62,8% dos votos válidos. Também saiu vencedor em Rio Grande da Serra (60,8%), Mauá (54,2%), Ribei­rão Pires (52,3%) e São Ber­nardo (51,6%).

O governador eleito, por sua vez, venceu o segundo turno em São Caetano, com 63% dos votos válidos; e em Santo André, com 54,6%.

NÃO VOTO

Ainda segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 312,9 mil eleitores anularam seu voto ou votaram em branco no ABC, o que representa 18,8% do total de pessoas que compareceram às urnas nos sete municípios último domingo.

O chamado “não voto” – soma de abstenções, votos nulos e em branco – ficou em 741 mil, ou 35,4% do eleitorado da região. (AA)

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*