Diadema, Minha Cidade, Sua região

Diadema lança aplicativo para denúncias de abuso no transporte público

Diadema lança aplicativo para denúncias de abuso sexual no transporte público
Botão Mulher + Segura, do aplicativo CittaMobi, permite que o usuário envie alertas de emergência também de outros locais. Foto: Marcos Luiz/PMD

No Dia Nacional de Luta contra a Violência à Mulher a Prefeitura de Diadema, em parceria com a CittaMobi e com a SOU Diadema, lançou nesta quarta-feira (10) recurso que permite denunciar abuso sexual e qualquer outro tipo de violência dentro dos ônibus municipais.

“Estamos oferecendo ao cidadão ou­tros meios de segurança. Esse aplicativo serve para todos e demonstra grande avanço para à cidade”, afirmou o prefeito Lauro Michels (PV).

Segundo o Datafolha, em 2016, no Brasil, 40% das mu­lheres acima de 16 anos sofreram algum tipo de abuso. No transporte público ocorreram 5,2 milhões de assédios físicos e 2,2 milhões de mulheres foram beijadas ou agarradas.

O aplicativo CittaMobi realizou, recentemente, pesquisa com mais de 59 mil brasileiros, a qual indicou que a segurança é a maior preocupação entre os entrevistados. Foi pensando neste contexto que o Botão Mulher + Segura foi criado. O novo recurso está disponível no aplicativo da CittaMobi que já é utilizado para fazer a compra de créditos para o Cartão SOU e para indicação dos horários de chegada dos ônibus nas paradas em tempo real.

A nova função permite à usuária enviar alertas de emergência em apenas três etapas. Para isso, é necessário abrir o menu do aplicativo e clicar no item “alerta de emergência”. O usuário é direcionado para uma tela de opções com a seguinte pergunta: “Que tipo de emergência está ocorrendo?” que dá quatro opções – assalto à mão armada, violência, abuso sexual e outro tipo. Após selecionar uma das alternativas, o aplicativo pede para que a denunciante detalhe um pouco sobre o acontecimento, o que é optativo. Ao finalizar aparece mensagem informando que o alerta foi encaminhado para os órgãos competentes e a denúncia é enviada para a Guarda Civil Municipal (GCM) de Diadema, que dá prosseguimento à ocorrência.

A denúncia não se res­tringe apenas à vítima. Quem presencia situação de violência também pode enviar o alerta. Apesar de fazer parte do aplicativo de mobilidade urbana, o usuário consegue realizar a denúncia independentemente de estar no ponto ou no ônibus. Ou seja, caso observe alguma situação de violência em outros lugares, pode enviar um alerta.

“Essa funcionalidade tem como objetivo disponibilizar novo canal para comunicar situações de violência, seja no transporte ou não. Além disso, o aplicativo gera estatísticas que nos auxiliam a trabalhar com outras políticas públicas, podendo oferecer mais segurança à população”, ressaltou a secretária de Assistência Social e Cidadania, Caroline Rocha.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*