Política-ABC, Regional, Sua região

Morando defende antecipação da eleição para a presidência do PSDB

Morando defende antecipação da eleição para a presidência do PSDB
“O PSDB errou ao não ter punido (o senador) Aécio Neves e o (ex-governador de Minas Eduardo) Azeredo, bem como ao ter entrado no governo Temer. O partido perdeu sua identidade e está cometendo os mesmos erros do PT.”

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), defendeu que a executiva nacional tucana antecipe a eleição para a presidência nacional do partido, que é ocupada pelo ex-governador Geraldo Alckmin, presidenciável derrotado nas eleições do último domingo.

Quarto colocado na disputa pelo Palácio do Planalto e derrotado com o pior desempenho do PSDB desde 1998, Alckmin foi eleito em dezembro de 2017 para mandato de dois anos. Porém, é alvo de ofensiva do candidato tucano ao governo paulista, João Doria, que defende a saída do ex-governador do comando do partido.

À Folha de S.Paulo, Morando defendeu que o partido “precisa fazer autocrítica”, já que “tem errado de 2016 para cá de maneira violenta”. Para o tucano, um dos passos seria a antecipação da eleição para o comando nacional. “O PSDB errou ao não ter punido (o senador) Aécio Neves e o (ex-governador de Minas Eduardo) Azeredo, bem como ao ter entrado no governo Temer. O partido perdeu sua identidade e está cometendo os mesmos erros do PT.”

“É preciso que o partido seja recriado, e, naturalmente, que se troque seu comando, antecipando a eleição. Há a minha e outras vozes descontentes com a direção que o partido tem tomado, e, se a gente olhar quem compõe hoje a executiva nacional, a maior parte deles foi derrotada na eleição de domingo”, prosseguiu.

Morando defendeu a necessidade de posicionamento do partido no segundo turno. “Espero posicionamento de segundo turno, porque o partido não pode mais continuar dessa forma, em cima do muro”, disse o tucano, sugerindo que “a maior parte” dos tucanos apoiaria o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno. Morando e Doria já anunciaram apoio ao capitão reformado no segundo turno.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*