Política-ABC, São Bernardo do Campo, Sua região

Câmara de São Bernardo muda validação do quadro de pessoal da Fundação Criança

Os vereadores de São Bernardo aprovaram ontem (12) projeto do Executivo que altera lei municipal que dispõe sobre validação do quadro de pessoal da Fundação Criança.

Segundo o texto, o cargo de diretor-presidente passa a ser de livre provimento – antes era exigido curso superior completo com pós-graduação na área de administração, gestão pública ou privada ou ciências sociais.

Para as funções de diretor técnico, tiretor técnico-adjunto, diretor administrativo e diretor administrativo-adjunto, que requeria curso superior completo com pós-graduação na área de ciências humanas ou sociais, agora será necessária apenas a formação universitária, sem especialização.

A FUNDAÇÃO

Instituída em 26 de novembro de 1998 e atendendo as diretrizes do Estatuto da Criança e do Adolescente, a Fundação Criança de São Bernardo  é uma instituição pública municipal, com missão, diretrizes e objetivos focados na defesa e garantia de direitos de crianças, adolescentes e jovens.

Sua sede administrativa está localizada à Rua Francisco Visentainer, 804, Bairro Assunção – Cidade Direitos da Criança e do Adolescente, a qual inclui também o “Centro de Referência dos Direitos da Criança e do Adolescente”, espaço que conta com auditório, biblioteca e salas de formação.

A Cidade Direitos da Criança e do Adolescente abriga ainda projetos especiais como o “Lanchonete Escola” e o “Contando História”; o “Núcleo de Arte, Cultura e Cidadania – Galpão Cultural”; Casa Ecológica; Horta Comunitária; Teatro de Arena, com capacidade para mais de 400 pessoas; pista de caminhada; quadras poliesportivas e parque infantil, tudo isso num espaço com mais de 36 mil m².

A Fundação Criança conta também com mais 11 unidades, localizadas em diferentes bairros do município, sendo quatro unidades de acolhimento institucional, seis CACJs – Centros de Atendimento à Criança e ao Jovem (unidades de bairro focadas nas ações de convivência e fortalecimento de vínculos), um Centro de Atenção às Crianças e Adolescentes em Situação de/na rua, além de uma unidade central, localizada na principal rua do comércio do município onde funcionam o Centro de Atendimento Socioeducativo – CASE e o Núcleo de Oportunidades e Inclusão – NOI.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*