Brasileirão, Esportes

Díaz diz que Romero motivou vinda ao Corinthians

Díaz diz que Romero motivou vinda ao Corinthians
Diretor Duílio Monteiro Alves entregou camisa alvinegra a Sergio Díaz. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Uma das maiores promessas do futebol paraguaio no momento motivou-se a vir ao Corinthians por causa de Angel Romero e da Libertadores. Sergio Díaz foi apresentado pelo clube paulista ontem (10) à tarde e ressaltou a presença do compatriota no clube, além de mencionar a possibilidade de atuar novamente pela competição continental.

“Foi uma das coisas que me motivaram a vir para cá. Nós treinamos juntos (no Cerro Porteño) e quase joguei com Romero lá, mas joguei com seu irmão (Oscar, hoje atuando pelo futebol chinês), que demorou mais para deixar o clube”, disse Díaz, que pertence ao Real Madrid e chega ao Corinthians por empréstimo com vínculo até o final de 2019.

Segundo o atleta, a Li­bertadores também foi fundamental para o jogador de 20 anos aceitar a proposta corintiana. Díaz já disputou a competição pelo Cerro Porteño. Em 2016, enfrentou o Corinthians pela fase de grupos e fez um gol na equipe brasileira na partida disputada em Assunção (a equipe pa­raguaia venceu por 3 a 2).

“Em princípio queria ficar em Madrid para me recupe­rar, mas tinha a Li­bertadores e decidi vir para ser inscrito. Aqui também vou me cuidar. Todos estão me tratando bem para, daqui a pouco, jogar pelo Corinthians. Já me sinto forte fisicamente, a ponto de voltar”, frisou o atacante.

Díaz se recupera de lesão grave no joelho. Desde que chegou ao Corinthians, no final do mês passado, o atacante faz trabalhos específicos para voltar aos gramados. A tendência é que fique à disposição do técnico Osmar Loss daqui a 15 dias.

“Talvez eu comece a trei­nar com o grupo na semana que vem. Aí ficará nas mãos do técnico para me colocar nas partidas. Tenho de trei­nar primeiro com o grupo para ver como me sinto. Estou com muita vontade. Acho que, em duas semanas, já estarei jogando”, explicou Sergio Díaz.

ELOGIO

O paraguaio ainda relembrou a partida em que atuou pelo Cerro Porteño na Arena Corinthians e fez elogios à torcida corintiana. Na ocasião, o time brasileiro venceu o paraguaio por 2 a 0.

“O que mais me impressionou foi a hora do aquecimento, pois já havia um monte de gente empurrando o Corinthians. Em nenhum momento havia silêncio no estádio desde muito cedo. Isso sempre é muito importante para os jogadores”, recordou Sergio Díaz. “Fiquei com essa linda experiência em São Paulo, de uma torcida maravilhosa”, finalizou.

 

Com janela de transferências aberta, Gabriel entra na mira da Roma

Como a janela de transfe­rências internacionais ainda não fechou, o Corinthians corre risco de perder mais um jogador até o final deste mês. Desta vez, Gabriel entrou na mira dos europeus. Segundo o site italia­no Calciomercato, a Roma estuda contratar o atleta de 26 anos.

Para o clube italiano, além da idade do jogador, outro atrativo seria a multa rescisória dele, de € 5 milhões (R$ 22 mi­lhões), considerada baixa para os padrões do futebol europeu.

O corintiano, no entanto, seria a segunda opção da Roma. Segunda a imprensa italiana, a prioridade do clube é contratação de Steven N”Zonzi, do Sevilla, da Espanha, de 29 anos.

O volante francês é avalia­do em € 30 milhões (cerca de R$ 130 mi­lhões), quase seis ve­zes o valor da multa do co­rintia­no Gabriel.

 

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*