Arte & Lazer, Cinema

Tubarões: gigantes das telonas que nunca saem de moda

Tubarões: gigantes das telonas que nunca saem de moda
“Megatubarão”, que estreou ontem (9), conta a história da tripulação de um submarino que fica presa dentro da fossa mais profunda do Oceano Pacífico após ser atacada por uma criatura pré-histórica. Foto: Divulgação

Para quem está ansioso para assistir à “Megatubarão”, que chegou aos cinemas nesta quinta-feira (9), relembrar alguns dos filmes de tubarão mais famosos de Hollywood é uma boa forma de preparar o emocional para os sustos que vêm pela fren­te.

Considerado o predador mais feroz dos oceanos, o tubarão ocupa um lugar de des­taque no imaginário das pessoas, que temem o encontro com ele e se divertem assistindo às representações desse gigante dos mares no cinema.

Se na vida real esse animal carnívoro que pode atingir até 6,5 metros de comprimento e pesar 3,4 toneladas já assusta muito, nos cinemas o pânico que ele causa vai para um outro patamar. Isso porque o fato desse animal com dentes de serra já ter o tamanho de um ônibus não é o bastante para os diretores. Os tubarões dos filmes são extremamente agressivos, adoram morder pessoas e, pasmem, atacam até pelo ar.

Claro que não poderíamos deixar de começar essa lista com o clássico “Tubarão”, de Steven Spielberg. Lançado em 1975, o longa mostra o desespero dos turistas quando um tubarão branco começa a atacar um resort na beira da praia. A responsabilidade de salvar a vida dos banhistas fica por conta de um xerife, um biólogo marinho e um marinheiro. Com efeitos especiais que o fi­zeram ser indicado ao Oscar de Melhor Filme, “Tubarão” até hoje é lembrado pelo público de todas as idades (ou vai dizer que você nunca cantou a música do tubarão se aproximando?).

Outro grande filme é “Mar Aberto”. O angustiante longa, em que um casal de mergulhadores fica perdido em alto mar completamente sozinho, tem menos de 80 minutos de duração, mas parece se arrastar por três horas. Se você já assistiu a esse filme, com certeza teve essa sensação. Se pretende assistir, se prepare para mais de uma hora de angústia e falta de ar. Nesse longa, os tubarões eram todos de verdade e estavam de fato cercando os atores durante as cenas (obviamente havia uma barreira submersa).

Agora vamos falar de um filme que de tão trash virou um sucesso mundial. O que você diria se fosse convidado para assistir no cinema uma história em que um furacão atinge os Estados Unidos e leva milhares de tubarões para o meio de Los Angeles, que está completamente alagada? Pois se a sua resposta for não, saiba que muita gente disse sim e transformou a saga “Sharknado” em uma gigante de bilheteria. Hoje, a distribuidora se prepara para apresentar ao mundo “Sharknado 5”, que além de tubarões tem dinossauros prontos para apavorar a todos.

Se Sharknado levou os tubarões para dentro da cidade, “Águas Rasas” mostra o drama de Nancy, uma jovem médica que decide surfar em uma praia isolada para lidar melhor com a perda recente da mãe. Atacada por um enorme tubarão, a jovem consegue se proteger temporariamente em um recife de corais, mas precisa encontrar uma maneira de sair da água.

Para fechar essa lista, s “Homens de Coragem”, de 2016. Semibaseado em uma história real da segunda guerra, o longa mostra o desespero da tripulação do navio USS Indianapolis, que é afundado por um submarino japonês em águas infestadas de tubarões.

Por fim, o “Megatubarão”. O longa conta a história da tripulação de um submarino que fica presa dentro da fossa mais profunda do Oceano Pacífico após ser atacada por uma criatura pré-histórica que se achava estar extinta: um tubarão de mais de 20 metros de comprimento, o Megalodon. Para salvá-los, é chamado um mergulhador especializado em resgates em água profundas que já encontrou com a criatura anteriormente. (Fonte: Rede Cinesystem/ https://www.cinesystem.com.br/)

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*