Brasileirão, Esportes, Futebol

Corinthians sai atrás, se recupera e empata por 2 a 2 com o Cruzeiro

Corinthians sai atrás, se recupera e empata por 2 a 2 com o Cruzeiro
Pedrinho comemora gol de empate corintiano em Itaquera. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Corinthians e Cruzeiro empataram por 2 a 2 ontem (11), em amistoso disputado no Itaquerão. Henrique e Rafael Sóbis marcaram para os mineiros. Paulo Roberto e Pedrinho igualaram o marcador.

O Cruzeiro retorna aos gramados na próxima segunda-feira, às 20h (de Brasília), pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. A partida de ida foi vencida pelos mineiros por 2 a 1.

O Corinthians, por sua vez, entra em campo na próxima quarta-feira, às 21h45, diante do Botafogo. O duelo é válido pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O destaque da partida foi Rafael Sóbis. Improvisado no comando de ataque, tem feito jus ao respaldo de Mano Menezes. O camisa 7 deu assistência para o gol de Henrique e ba­lançou a rede de Cássio no amistoso de ontem. No lance que culminou no tento do volante, cobrou escanteio e o camisa 8 apenas desviou. Em seu gol, aproveitou cruzamento de Ra­finha para marcar de cabeça.

O pior foi Danilo Avelar. Escalado como lateral esquerdo, não fez boa partida. O jogador deu brechas no setor defensivo e pouco contribuiu no ataque durante o jogo. Foi o pior nome em campo no amistoso.

O volante Henrique voltou a balançar as redes com as cores do Cruzeiro. O camisa 8 aproveitou cruzamento de Rafael Sóbis em escanteio e desviou de cabeça para estufar a rede de Cássio, aos 15 minutos. Foi o seu segundo gol na temporada.

Logo depois, o time mineiro ampliou. Aos 23, após cruzamento da direita, Sóbis acertou o canto esquerdo de Cássio, que voltou ao time após defender a seleção brasileira no Mundial.

O Corinthians descontou antes do intervalo. Paulo Roberto fez seu primeiro gol pelo time em momento de oportunismo. Após cruzamento da esquerda, acompanhou a jogada pelo outro lado e, ao invadir a área, escolheu o canto esquerdo de Fábio para marcar, aos 37.

Pedrinho entrou aos 31 do segundo tempo e balançou as redes sete minutos depois em boa jogada de Marqui­nhos Gabriel.

 

Deixe uma resposta