Esportes, Futebol

Por € 100 milhões, Cristiano Ronaldo deixa o Real Madrid

Por € 100 milhões, Cristiano Ronaldo deixa o Real
Cristiano Ronaldo despede-se do Real Madrid como maior artilheiro do clube, com 450 gols. Foto: Divulgação/Real Madrid

O português Cristiano Ronaldo, 33 anos, selou ontem (10) sua transferência do Real Madrid-ESP para a Juventus-ITA, por cerca de € 100 milhões (cerca de R$ 448 milhões). O vínculo vai até 2022.

A negociação foi anunciada primeiro pelo clube espanhol, que publicou comunicado em seu site oficial informando a respeito da negociação envolvendo CR7 e o clube italiano.

“O Real Madrid comunica que, atendendo ao pedido expressados pelo jogador Cristiano Ronaldo, acordou sua transferência à Juventus. Para o Real Madrid, Cristiano Ronaldo será sempre um de seus grandes símbolos e referência única para as próximas gerações. O Real Madrid será sempre sua casa”, diz o texto publicado no site da equipe.

Ronaldo conquistou 16 tí­tulos pelo Real desde que chegou a Madri, em 2009. Foram quatro troféus da

, três do Mundial de Clubes, dois do Campeonato Espanhol, dois da Copa do Rei, dois da Supercopa Espanhola e três da Supercopa da Europa.

Tornou-se também o maior artilheiro da história do clube espanhol, com 450 gols em 438 jogos, superando a marca do atacante Raúl, que fez 323 gols pelo Real Madrid.

Nos anos em que defendeu o Real, foi eleito quatro vezes o melhor jogador do mundo pela Fifa, prêmios que se somam à Bola de Ouro conquistada em 2008, quando atuava no Manchester United-ING.

Cristiano Ronaldo publicou carta de agradecimento ao Real Madrid no site oficial da equipe espanhola.

“Foram nove anos absolutamente maravilhosos. Foram nove anos únicos. Foram para mim um tempo emocionante, ainda que duro, porque o Real Madrid é de altíssima exigência, mas sei muito bem que não poderei esquecer jamais que aqui desfrutei do futebol de maneira única”, diz um trecho da carta do jogador.

Cristiano Ronaldo passa férias na Grécia depois de ter se despedido da Copa da Rússia com a seleção de Portugal, que foi eliminada nas oitavas.

Heptacampeã italiana, a Juventus vê na contratação de CR7 avanço importante no projeto de conquistar novamente a Liga dos Campeões, que não vence desde 1996.

A equipe italiana vem batendo na trave nas últimas temporadas quando o assunto é a taça europeia. Foi vice-campeã da Liga dos Campeões em 2015, contra o Barcelona, e vice em 2017, justamente diante do Real Madrid.

O português, inclusive, tem a Juventus como sua vítima favorita no campeonato europeu. De seus 105 gols na competição, dez foram marcados sobre os italianos.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*