Últimas notícias

Diante de aproximação com Ciro, Alckmin conversa com DEM sobre eleição

Diante da aproximação do DEM com o PDT, o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP) tomou café da manhã nesta quarta-feira (20) com integrantes da cúpula da legenda de centro, aliada histórica dos tucanos.

O encontro ocorreu no apartamento do deputado Mendonça Filho (DEM-PE), cotado desde 2017 para ocupar a vice de Alckmin, horas depois de um jantar entre democratas e o também presidenciável Ciro Gomes (PDT-CE).

Além de Alckmin e Mendonça, participaram o presidente nacional do DEM, ACM Neto, e o líder do partido na Câmara, Rodrigo Garcia (DEM-SP).

Segundo a reportagem apurou, Alckmin expôs sua estratégia de campanha e tentou passar segurança em sua viabilidade como candidato.

Como vantagem, o tucano falou de apoio praticamente certos de PSD, PDT, PPS e PV.

No final desta manhã, em entrevista ao portal Metrópoles, Alckmin disse que uma aliança com o MDB não está em discussão, embora o coordenador político de sua campanha, Marconi Perillo, admita conversas com todos os partidos do chamado centro político.

Já em relação ao DEM, ele disse que, se puder estar junto na disputa nacional, estarão.

Ciro ainda não fechou com nenhum partido, mas agradou a plateia de democratas durante o jantar, superando expectativas, como relatou, sob reserva um dos presentes no encontro da noite de terça-feira.
Além de Ciro e Alckmin, o DEM conversou com o senador Alvaro Dias (PODE), que também é pré-candidato ao Planalto.

O partido do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), até agora na disputa, é pragmático. Quer fechar parceria com um candidato com chances reais de vitória. Mais do que a Vice-Presidência, o DEM quer garantir que continuará no comando da Câmara.

Fechar aliança com o DEM é algo interessante para qualquer candidato, pois isso significa o apoio de todo o bloco que inclui PP, PRB, SD e PSC.

O grupo garante um bom tempo de TV. Juntos, estes partidos têm cerca de 150 segundos.

Querem definir quem apoiarão até o dia 15 de julho.

“Estamos conversando com todos os partidos, menos com o PT, com o objetivo de construir um projeto que seja decisivo para o futuro do país”, limitou-se a dizer ACM Neto.

Um comentario

  1. Confio que Alckmin é capaz de tomar as decisões certas para que sua campanha cresça e ele se torne o próximo presidente.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*