Copa do mundo, Esportes

Tite repete escalação em treino com caça a drones

Tite repete escalação em treino com caça a drones
Moradores de prédios vizinhos ao campo foram orientados a não filmar as atividades. Foto: André Mourão/MoWA Press

O técnico Tite escalou o time titular da seleção brasileira pela primeira vez desde que chegou à Rússia, em treino realizado ontem (13), em Sochi, cidade-base da delegação no país. O treinador repetiu a formação ofensiva que enfrentou a Áustria no domingo.

Alisson; Danilo, Thiago Sil­va, Miranda e Marcelo; Ca­semiro, Paulinho, Willian, Phi­lippe Coutinho e Neymar; Gabriel Jesus. Essa foi a equipe que Tite apostou como titular na atividade que só teve 20 minutos abertos à imprensa.

Com esse time, o Brasil fez 3 a 0 na seleção austríaca no último domingo, em Viena. Os gols foram de Jesus, Neymar e Coutinho, no que foi o último duelo preparatório para a Copa do Mundo.

A escalação ofensiva é uma aposta de Tite para bater a Suíça no próximo domingo, na estreia da equipe brasileira no Mundial, em Rostov-on-Don. O quarteto ofensivo será a arma da seleção contra uma equipe tradicionalmente forte defensivamente.

ESPIÕES

A atividade contou com reforço especial. Com ciência da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a Fifa disponibilizou espiões para assegurar privacidade ao técnico Tite em seu treino fechado aos jor­nalistas – só os 20 minutos iniciais foram abertos.

Espalhados sobre o teto de um prédio vizinho, os espiões usaram binóculos para controlar o espaço aéreo e detectar o possível uso de drone por parte de adversários.

Caso necessário, os espiões têm orientação para abater os dispositivos que não tenham prévia identificação. Para isso, são capazes de bloquear a frequência dos drones. O serviço estará disponível para a seleção brasileira durante toda a permanência na cidade russa, até as quartas de final.

Os moradores dos prédios vizinhos são, em sua maioria, atletas olímpicos. Antes mesmo da chegada da seleção a Sochi, houve uma conversa com a população local para evitar que houvesse filmagem e fotos das varandas de apartamentos.

Apesar do acesso reduzido à imprensa, os familiares de jogadores do Brasil puderam acompanhar o treinamento de Tite.

 

Paulinho revela pedido de Tite para liberar Philippe Coutinho no ataque

O volante Paulinho foi o segundo atleta da seleção brasileira a atender a im­prensa na Rússia, desde que o time comandado por Tite chegou ao país-sede da Copa do Mundo. O meio-campista explicou que o treinador pediu seu apoio para ajudar a dei­xar Philippe Coutinho mais livre no campo de ataque.

“Eu já trabalhei com Tite e, em algumas vezes, o professor pediu para eu ser mais organizado e deixar outro jogador com mais liberdade. Aqui (na seleção) isso aconteceu, pois pediu que eu liberasse um pouco mais o Coutinho, que é de qualidade impressionante”, revelou Paulinho.

“Teremos jogos nos quais esse tipo de posicionamento será sempre válido, e o que eu mais quero na seleção brasileira é ajudar. É uma característica dele (Coutinho) estar mais próximo do gol. Por isso, se eu puder ajudar vou fazer”, acrescentou o volante.

Paulinho foi titular no tre­i­namento da seleção ontem (13), dia em que Tite manteve a mesma escalação que aplicou 3 a 0 na Áustria.

 

Deixe uma resposta