Arte & Lazer, Roteiro

Feira Noturna de Diadema une praticidade, lazer e gastronomia

Feira Noturna de Diadema une praticidade, lazer e gastronomia
Opção para a compra de produtos frescos, os moradores podem ter, também, momento de lazer com a família. Foto: Mauro Pedroso/PMD

Todas as quintas-feiras a Prefeitura de Diadema realiza a Feira Noturna da cidade, que ocorre na Praça da Moça a partir das 17 horas. O munícipe encontra barracas das mais variadas como de frutas, verduras, legumes, hortaliças, peixes, carnes, além de tapiocas, pastéis e caldo de cana. O espaço também conta com músicas ao vivo para todos os gostos. Opção para a compra de produtos frescos, os moradores podem ter, também, um momento de lazer com suas famílias.

As barracas são dos comerciantes que participam das feiras livres da cidade.  Eliete Lima é um exemplo. Vendedora de temperos caseiros na feira diurna, Eliete resolveu levar sua barraca para as noites da Praça da Moça a fim de conquistar novos clientes. “Durante a manhã, percebo que meus fregueses são predominantemente idosos. A Feira Noturna me dá a oportunidade de conquistar e atender o público mais jovem”, disse a feirante, que reconhece a importância das atividades de lazer, como as apresentações musicais. “Muitos buscam a Feira para ter um momento com a família, ouvir uma música e acabam comprando algo. Acabam unindo o útil ao agradável”, disse.

Andressa Sofia frequenta a Feira Noturna da cidade sempre que pode e o primeiro destino dela é a barraca de pastel. Acompanhada pelas filhas, Andressa caminha pela praça experimentando os alimentos disponíveis. “Pago por algo de qualidade e  gosto de experimentar as comidas vendidas aqui. É o momento que tenho de passar junto das minhas filhas e aqui também tem muita variedade e é muito acolhedor”, disse.

Para o secretário de Segurança Alimentar, Atevaldo Leitão, promover a Feira na cidade ajuda os consumidores a encontrar bons produtos. “Você dá uma opção para as pessoas que não têm tempo durante o dia de comprarem os produtos de qualidade. E também colaboramos com a geração de mais negócios e emprego na cidade”, afirmou.

A opção é aproveitada pela Viviane Rolin que, sem tempo para comprar legumes e verduras durante a manhã, busca na Feira Noturna os alimentos que faltam na geladeira. “Frequento tanto a de dia quanto a da noite. Escolho conforme minha disponibilidade, pois sei que sempre posso vir e encontrar tudo que preciso”, ressaltou Viviane que aproveita, também, para comer algo com o marido e o filho.

Para aqueles que não conseguem comparecer às feiras da Praça da Moça, Diadema oferece aos munícipes 27 feiras livres, que ficam espalhadas pela cidade. Às sextas-feiras, há uma Feira Noturna também no bairro do Eldorado.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*