Brasileirão, Esportes

Corinthians pega Bahia para salvar Loss; Palmeiras encara o líder

Corinthians pega o Bahia para salvar Osmar Loss
Loss tem apenas 28% de aproveitamento no Corinthians. Foto: Marco Galvão/Fotoarena/Folhapress

O Corinthians enfrenta o Bahia hoje (13), às 21h45, na Fonte Nova, pelo Brasileiro, buscando uma vitória para que o técnico Osmar Loss se livre do pior desempenho de um técnico corintiano desde 2008.

Atualmente, Loss tem 28% de aproveitamento em seis jogos (uma vitória, dois empates e três derrotas).

O Corinthians não vence há três rodadas no Brasileiro. O desempenho recente – derrota para o Flamengo e empates contra Santos e Vitória – derrubaram o time alvinegro para a nona colocação ao fim da 11ª rodada.

O desempenho ruim passa pelo mau momento no ataque. Desde que Loss assumiu o comando, o time fez apenas três gols em seis partidas.
Para o duelo em Salvador, o Corinthians terá a entrada de Marquinhos Gabriel, que ganhou a posição de Mateus Vital e divide a responsabilidade da armação com Rodriguinho.

Os desfalques são o zagueiro Balbuena e o atacante Romero, que defendem o Paraguai. Além deles, Clayson, Renê Júnior e Ralf estão contundidos, enquanto Cássio e Fagner estão com a seleção na Copa do Mundo.

Balbuena

Em alta no Corinthians, Balbuena tem o seu futuro tratado na Europa. Um de seus representantes, Augusto Paraja, desembarcou em Portugal nesta semana para discutir uma possível transferência após contatos iniciais.

Entre os interessados, está o Sporting, que vive caos político fora de campo e deve passar por reformulação em seu elenco. O Benfica também foi procurado e se interessou.

Mesmo com a multa res­cisória de € 4 milhões (ou R$ 16,7 milhões), os agentes de Balbuena sugerem no mercado que se pague até mesmo o dobro do valor.

 

BAHIA X CORINTHIANS

Ár­bi­tro: Leandro Pedro Vuaden (RS). Estádio: Arena Fonte Nova, em Salvador, às 21h45. TV: Globo.

BAHIA

Douglas; Nino Paraíba, Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Gregore, Elton, Zé Rafael, Régis e Élber; Kayke. Técnico: Cláudio Prates.

CORINTHIANS

Walter; Mantuan, Pedro Henrique, Henrique e Sidcley; Gabriel, Maycon, Rodriguinho e Marquinhos Gabriel; Pedrinho e Roger. Técnico: Osmar Loss.

 

Palmeiras tenta diminuir vantagem para o Flamengo

O Palmeiras recebe o Flamengo hoje (13), às 21h45, no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro, apostando no bom retrospecto recente contra o rival para diminuir a diferença na classificação.

Adversário do time paulista na última rodada antes da pausa para a Copa do Mundo, a equipe carioca não vence o rival paulista desde 2014. Em sexto lugar na classificação, com 17 pontos, o Palmeiras está oito atrás do líder Flamengo na tabela.

A situação do Palmeiras podia estar melhor, se não fosse o gol levado no final do jogo contra o lanterna Ceará, no domingo passado, no Castelão, em Fortaleza.

O empate por 2 a 2 interrompeu a sequência de duas boas vitórias do time alviverde na competição. Antes do tropeço, a equipe dirigida por Roger Machado havia derrotado o Grêmio, em Porto Alegre, e o São Paulo, no Allianz Parque.

Para se recuperar, o Palmeiras contará com o retorno de sua dupla ti­tular de volantes: Felipe Melo e Bruno Henrique. Em compensação, a equipe não terá o zagueiro Antônio Carlos e o atacante Keno, contundidos. No meio-campo, o armador Moisés continua como titular.

Clima tranquilo

No Flamengo, a situação é bem tranquila. O time venceu as últimas cinco partidas no Brasileiro e disparou na liderança. O time rubro-negro tem agora três pontos de vantagem para o segundo colocado, o São Paulo.

A novidade no time é a volta do meio-campista Lucas Paquetá, que cumpriu suspensão na vitória sobre o Paraná. Os problemas do técnico Maurício Barbieri continuam na defesa, pois Réver, Juan e Rhodolfo estão contundidos. Os jovens Léo Duarte e Thuler formarão a dupla de zaga no Allianz Parque.

 

PALMEIRAS X FLAMENGO

Ár­bi­tro: Braulio da Silva Machado (SC). Estádio: Allianz Parque, em São Paulo, às 19h. TV: pay-per-view.

PALMEIRAS

Jailson; Marcos Rocha, Edu Dracena, Thiago Martins, Victor Luís; Felipe Melo, Bruno Henrique, Moisés; Hyoran, Willian, Dudu. Técnico: Roger Machado.

FLAMENGO

Diego Alves; Rodinei, Léo Duarte, Thuler, Renê; Cuéllar, Lucas Paquetá, Diego, Everton Ribeiro; Henrique Dourado, Vinicius Júnior. Técnico: Maurício Barbieri

Deixe uma resposta