Minha Cidade, Ribeirão Pires, Sua região

Ribeirão Pires inicia obras de revitalização da Avenida Kaethe Richers

R.Pires inicia revitalização da Avenida Kaethe Richers
Autoridades municipais e do Estado analisam projeto das obras. Foto: Divulgação

A Prefeitura de Ribeirão Pires e o Governo do Estado promoveram, nesta quinta-feira (17),  cerimônia que marcou o início das obras de revitalização do canteiro central da Avenida Kaethe Richers. O prefeito Adler Teixeira, o Kiko; o secretário executivo do Fundo Metropolitano de Financiamento e Investimento (FUMEFI), Winderson Anzelotti, que representou na solenidade o governador Márcio França; e autoridades locais e do Estado prestigiaram o evento, realizado no Portal Turístico da Kaethe Richers.

“O início desta obra de revitalização tem um grande significado. O projeto está agora saindo do papel e ganhando forma graças ao trabalho intenso de reorganização financeira e administrativa que realizamos em 2017. Quitando e negociando mais de R$ 27 milhões de dívida, recuperando o crédito do município e as certidões exigidas para a celebração de convênios com o Estado e a União, firmamos parcerias como essa e garantimos recursos que irão viabilizar benfeitorias para nossa cidade”, declarou o prefeito Kiko.

Por meio de convênio celebrado em novembro do último ano com o Estado, Ribeirão Pires receberá R$ 1,1 milhão do FUMEFI para promover a revitalização do canteiro central da Avenida Kaethe Richers – reconstrução do passeio com piso intertravado (área utilizada por pedestres para caminhadas e prática de exercício físico), além de paisagismo e instalação de academia ao ar livre e de iluminação de LED no trecho. A previsão de execução das obras é de oito meses.

“Cada centavo destinado pelo Estado a Ribeirão Pires é com certeza bem administrado pela Prefeitura. O governador Márcio França teve um imprevisto na agenda, mas fez questão de pedir que a cerimônia de início das obras fosse mantida, pois essas intervenções irão beneficiar os moradores de Ribeirão Pires. Essa é uma cidade privilegiada por suas matas, águas e pelas boas pessoas que aqui moram”, afirmou Anzelotti.

Deixe uma resposta