Esportes, Futebol

Torcida do Palmeiras pede saída de Roger Machado

Torcida do Palmeiras pede saída de Roger Machado
Roger destacou desempenho crescente da equipe no ano. Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras

O clima esquentou no Palmeiras. Bastou uma derrota para o rival Corin­thians e, outra vez, a torcida alviverde não perdoou.

No domingo (13), no retorno dos jogadores à Academia de Futebol, cerca de 50 palmeirenses protestaram contra o time e jogaram objetos no ônibus do clube. Um torcedor acabou preso.

Esta foi a sexta derrota do time nos últimos sete clássicos com o Corinthians.

A Mancha Alviverde, principal torcida organizada do clube, já faz coro para a saída do técnico Roger Machado.

“O nome comandante tem um motivo: o de comandar e se responsabilizar por acertos e erros”, diz trecho de uma nota lançada pela torcida. “Números e estatísticas se perdem quando existem derrotas vexatórias. Números e estatísticas de nada valem se não houver títulos”, prosseguiu.

A torcida cobra especificamente o histórico recente de derrotas do alviverde contra o Corinthians.

“Não ficaremos apenas apoiando enquanto o treinador e seus comandados escrevem uma história indigna do Palmeiras contra nosso maior rival”, finaliza o texto assinado pela diretoria da Mancha Alviverde.

Dentro do Palmeiras, a missão da diretoria é procurar blindar a comissão técnica e os jogadores de todos os burburinhos externos.
Embora a história recente diante do arquirrival não seja positiva, a equipe faz boa temporada. Vinha de oi­to jogos sem ser derrotada.

“Foi uma derrota para nos­so tradicional adversário, depois de todos esses elogios dos últimos 30, 40 dias. Por favor, a gente não pode, nos programas esportivos, jogar o Palmeiras para baixo novamente em função de ter perdido o clássico. Não tem nada de errado, pois perdemos para um grande adversário que foi competente em sua forma de jogar”, disse Roger.

Em casa

Procurando afastar qualquer possibilidade de crise e se recuperar o mais rapidamente possível do tropeço para o Corinthians, o Palmeiras abre uma série de quatro partidas em casa.

Amanhã, o alviverde recebe o Junior Barranquilla-COL para tentar encerrar a fase de grupos da Copa Libertadores com a melhor campanha entre todas as chaves da competição, o que lhe garantirá jogar todas as partidas decisivas no mata-mata dentro de casa.

Depois, o alviverde terá Bahia (sábado) e Sport (dia 26), também em casa, pelo Campeonato Brasileiro.

Entre essas duas partidas, o time ainda recebe o América-MG, pela Copa do Brasil, para decidir a classificação as quartas de final. Na rodada ida, o time paulista venceu por 2 a 1.

Deixe uma resposta