Últimas notícias

Delegado da PF morre após ser baleado em tentativa de roubo

Um delegado da Polícia Federal morreu após ser baleado durante uma tentativa de assalto na manhã desta segunda-feira (14) no Morumbi, bairro nobre na zona oeste da cidade de São Paulo.

Mauro Sérgio Salles Abdo, 55, foi socorrido e levado ao Hospital Albert Einstein, mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com a PM, ao menos dois suspeitos invadiram a casa do agente, por volta das 5h. Eles permaneceram escondidos na garagem aguardando a saída de algum morador.

Ao perceber movimentação estranha, Abdo atirou contra os suspeitos. Na troca de tiros, foi atingido no abdômen e um dos ladrões, na perna.
Policiais militares fizeram um cerco, com apoio de helicóptero da corporação, e conseguiram deter os suspeitos.

Um deles, Renato Oliveira Pereira, cumpre pena em regime semiaberto no presídio de Tremembé (147 km de SP) e tinha sido liberado na sexta-feira (11) para a saída temporária do Dia das Mães.

A casa invadida fica nas proximidades do Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista. O suspeito baleado foi medicado e não corre risco de morrer. As armas utilizadas foram apreendidas.

Mauro Abdo deixa a mulher e uma filha. Em nota, a PF lamentou a morte e disse que ele trabalhava na instituição havia mais de 32 anos. Ele estava lotado na Delegacia de Repressão e Combate aos Crimes Previdenciários.

“A Polícia Federal em São Paulo manifesta seu pesar aos familiares, amigos e policiais federais e reafirma que continuará envidando todos esforços para contribuir com a solução deste crime, lutando diariamente pela construção de uma sociedade cada vez mais segura”, diz trecho da nota.

Abdo é o segundo delegado da PF assassinado durante uma tentativa de assalto no país em nove dias. No Maranhão, o delegado Davi Aragão, 36, morreu baleado no dia 5 após ter a casa invadida por criminosos em São José Ribamar, a 30 km de São Luís. A polícia investiga o caso.

Em setembro passado, dez ladrões morreram após uma tentativa de assalto a uma casa na região do Morumbi. Os criminosos faziam parte de uma quadrilha especializada em assaltos a casas de luxo no bairro. Eles foram abordados por policiais quando saíam de uma residência e morreram durante troca de tiros.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*