Política-ABC, Sua região

Consórcio inicia tratativas para implementação do Centro de Controle Operacional no ABC

Consórcio inicia tratativas visando a implementação do CCO no ABC
Objetivo da visita é viabilizar a parceria, no âmbito de um intercâmbio financiado pelo Programa Internacional de Cooperação Urbana. Foto: Divulgação/Consórcio

A delegação do Consórcio Intermunicipal do ABC, composta por servidores das prefeituras consorciadas e empresários da região, foi recebida na tarde desta segunda-feira (14) pelo presidente do Conselho Municipal de Turim, Fabio Versaci, e pelo seu vice, Enzo Lavolta, na Sala Vermelha do Palácio Cívico em Turim.

A comitiva brasileira, liderada vice-presidente do Consórcio e prefeito de Santo André, Paulo Serra, está na cidade italiana para viabilizar o projeto de implementação do Centro de Controle Operacional (CCO), em parceria com a União Europeia. A missão internacional deve prosseguir até a próxima sexta-feira (18).

O grupo brasileiro é composto também por Andrea Brisida, coordenadora do GT Mobilidade Urbana do Consórcio; Lívia Rosseto, técnica de Programas e Projetos do Consórcio; Fábio Sampaio Bordin, superintendente do Instituto Mauá de Tecnologia; Paulo Assis Benites, presidente da Hitech Engenharia Company; e Marcos Murasaki Cardoso, sócio-diretor da Electromagnetics Tecnologia e Informática.

O objetivo da visita é viabilizar a parceria, no âmbito de um intercâmbio financiado pelo Programa Internacional de Cooperação Urbana (IUC). Uma delegação de Turim esteve no ABC no final de fevereiro para a primeira parte desta parceria internacional.

O tema dos encontros é a gestão dos serviços de transporte e de mobilidade a nível metropolitano e a inovação tecnológica no domínio da mobilidade. Foram apresentados aos representantes do Conselho Municipal questões relativas à coordenação dos serviços em Turim e na área metropolitana.

No período da manhã, a delegação brasileira visitou a central da Telematic Technologies Transport Traffic Torino (5T) para conhecer as tecnologias destinadas à regulamentação do transporte na cidade.

Deixe uma resposta