Brasileirão, Esportes

Defesa falha, e Palmeiras empata com o Botafogo

 

Defesa falha, e Palmeiras empata com o Botafogo
O Palmeiras, de Diogo Barbosa, volta com um ponto do Rio. Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras

O Palmeiras estreava com vitória no Campeonato Brasileiro até os 36 minutos do segundo tempo, quando uma falha coletiva da defesa alviverde propiciou o gol de empate do Botafogo.

A equipe dirigida por Roger Machado volta do Rio com empate por 1 a 1.
Depois do primeiro tempo ruim, quando o Palmeiras teve mais a bola do que o Botafogo, mas não conseguiu organizar jogadas claras de gol, a situação mudou em oito minutos.

Guerra, que havia entrado no intervalo no lugar do pouco inspirado Lucas Lima, invadiu a área vindo de trás, recebeu passe de Dudu, após lançamento de Keno, e marcou o primeiro gol alviverde no Campeonato Brasileiro na saída de Gatito Fernandes.

A então vitória parcial do Palmeiras obrigou o Botafogo, dirigido pelo técnico ex-Palmeiras Alberto Valentim, a mudar seu comportamento.

Ao contrário das duas linhas defensivas do primeiro tempo, que juntas chegaram a ter nove jogadores, a busca do empate pelo time do Rio fez o Palmeiras ter mais o contra-ataque.

Com isso, a velocidade de Keno e a habilidade de Dudu apareceram mais.

O Palmeiras chegou a ter novas chances de gol, mais do que no primeiro tempo, mas não ampliou, o que revela um dos problemas que tem aparecido na equipe de Roger Machado: precisar de muitos chutes ao gol para marcar.

Na defesa, a estreia do time alviverde mostrou outros problemas. Apesar da dupla de volantes – Felipe Melo e Bruno Henrique – ter passes precisos, a saída de bola desde a defesa até os três jogadores da frente tem sido lenta.

Pelo Botafogo, Valentim também explorou as laterais da defesa da equipe paulista. Porém, apesar dos 16 cruzamentos, contra seis do Palmeiras, os jogadores do Botafogo acertaram apenas três.

Na etapa final, ao ir mais para o ataque, o Botafogo também chegou com perigo, mas só conseguiu seu gol de empate no terço final do jogo.
Após bola alta na área, Antonio Carlos tentou tirar de cabeça. Felipe Melo perdeu no duelo aéreo para o zagueiro Igor Rabello. O jogador do Botafogo furou na primeira tentativa, mas ninguém apareceu na marcação e o jogador teve tempo para marcar no segundo arremate, aos 36 minutos.

O Palmeiras faz sua segunda partida no Nacional domingo (22), às 16h, contra o Internacional, no Pacaembu.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*