Mauá, Política-ABC, Sua região

Servidores de Mauá fazem proposta alternativa ao Executivo

Servidores de Mauá fazem proposta alternativa ao Paço
Jesomar Lobo: “Esse formato de corrigir as perdas do poder de compra pelo índice de inflação não atende mais aos anseios da categoria”. Foto: Arquivo

Em reunião da Comissão Permanente de Negociação, no Paço Municipal, os membros do Sindicato dos Servidores Públicos (Sind­serv) de Mauá rejeitaram, ontem (11), o que consideram retrocesso no formato de reposição das perdas no poder de compra dos trabalhadores. A entidade sindical defende a manutenção da correção por abono mensal com data de incorporação ao salário definida e um aumento digno ao auxílio alimentação.

Segundo o presidente do Sindiserv, Jesomar Alves Lobo, a correção pelo índice da inflação não favorece a quem recebe o piso da categoria. “Esse formato de corrigir as perdas do poder de compra pelo índice de inflação não atende mais aos anseios da categoria”, explicou. “Se for aplicar os 2,86% de inflação sem aplicar o aumento real de 10% que pedimos, o reajuste de quem recebe o piso ficaria em míseros R$39,80, não cobre os R$ 20 de aumento na refeição dos restaurantes e nem os quase R$ 50 de aumento no convênio médico. Não vamos aceitar”, argumentou.

“Queremos a manutenção do formato de abono mensal com incorporação e com valor justo”, defendeu Lobo.

No ano passado, pesquisa de opinião, realizada pelo Sindserv, revelou que 72,6% dos servidores participantes preferem a reposição por meio de abono mensal, caso o índice de inflação esteja abaixo dos 5%, atualmente está em 2,68%.

Alimentação

O Sindicato classificou a contraproposta da administração como irrisória. A proposta inicial tomou como base estudos desenvolvidos pelo Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) para determinar o valor da cesta básica no estado, que em março fechou em R$ 437,84. O objetivo do Sindserv é fechar a negociação com um valor aproximado.

O Sindserv vai apresentar proposta alternativa e uma nova rodada de negociação está agendada para a próxima segunda-feira (16).

Deixe uma resposta