Esportes, Paulistão

Acesso de 2012 inspira S.Bernardo contra o Oeste

Acesso de 2012 inspira S.Bernardo contra o Oeste
Wilson Júnior: “Temos capacidade de reverter, sim”. Foto: Anderson Lira/São Bernardo FC

O São Bernardo se inspira no sofrido acesso à elite conquistado em 2012 para derrotar o Oeste hoje (3), às 20h, no Primeiro de Maio, e voltar à Série A1 do Campeonato Paulista. No duelo de ida, disputado na última sexta-feira, o time de Barueri venceu por 2 a 1 e, agora, joga por empate para retornar à divisão principal do Estado. Ao Tigre resta vencer por dois gols de diferença ou por um e levar a decisão à cobrança de pênaltis.

A partida define o primeiro acesso para o Paulistão de 2019. O segundo sairá do confronto entre Guarani e XV de Piracicaba, amanhã, no Brinco de Ouro. No jogo de ida houve empate por 0 a 0.

Em 2012, o São Bernardo se classificou aos quadrangulares decisivos com a segunda melhor campanha da primeira fase, mas perdeu para Noroeste e Penapolense nas rodadas iniciais. Porém, o time venceu os quatro jogos restantes, terminou o quadrangular na primeira colocação e garantiu o acesso. Nas finais, dois empates com o União Barbarense e a vitória nos pênaltis deram ao Tigre o título da Série A2.

Wilson Júnior, goleiro do São Bernardo na campanha de 2012 e hoje técnico da equipe, lembra da dificuldade na jornada até o título.

“Tivemos cinco jogos com derrota no início do campeonato e duas derrotas seguidas no começo da segunda fase, mas éramos realmente muito unidos. Foi o grupo em que mais vi união e amizade. Estava um tempo fora do Brasil e, como sou morador de São Bernardo, foi muito bom”, recordou o técnico, ao site da Federação Paulista de Futebol (FPF).

“É um ambiente difícil de achar no futebol, nunca mais encontrei. Unimos torcida, jogadores, diretoria… Criamos um laço de amizade muito grande e ficamos muito fortes”, prosseguiu.

O meia Bady, hoje no NK Istra Pula, da Croácia, foi um dos destaques daquela temporada. O atleta anotou o gol de empate do São Bernardo diante do União Barbarense que decretou o 2 a 2 e levou a disputa do título para as penalidades.

Para o jogador, o time de 2018 tem condições de reverter a situação adversa. “Sempre tenho acompanhado o São Bernardo. Acredito que o time tem a força e a capacidade de conquistar o acesso e o título”, afirmou.

Wilson Júnior espera le­­var a experiência daquela temporada a seus jogadores. “Vai ser difícil, mas acho que temos capacidade de reverter, sim. O time passou momento de dificuldade pela primeira vez no campeonato e, com isso, criou casca”, afirmou.

Desfalque

O São Bernardo terá importante desfalque para a partida contra o Oeste. O goleiro Daniel foi expulso na partida em que o Tigre perdeu por 2 a 1 e, por isso, está suspenso.

Rafael Pascoal será o substituto e terá a missão de levar o Tigre à elite em seu jogo de estreia na Série A2.

Autor do gol do São Bernardo na partida da última sexta-feira, na Arena Barueri, Francismar deve ganhar vaga no time. O meia entrou no segundo tempo e fez de pênalti o único gol do Tigre.

O técnico Wilson Júnior fez ontem o último treino para o jogo, que tem a campanha Futebol Sustentável. A ação prevê a troca de duas garrafas PET por um ingresso. Cinco mil bilhetes foram oferecidos no âmbito da promoção.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*