Mauá, Política-ABC, Sua região

Chiquinho do Zaíra confirma candidatura a estadual e fala em ‘opções’

Chiquinho confirma candidatura a estadual e fala em ‘opções’
Chiquinho: ‘sou pré-candidato, por convite do presidente estadual”. Foto: Divulgação/Câmara

O vereador de Mauá Francisco Esmeraldo Carneiro, o Chiquinho do Zaíra (Avante), reiterou durante conversa com jornalistas, na sessão da Câmara realizada ontem (13), sua intenção de concorrer ao cargo de deputado estadual nas eleições de outubro. A ideia vem sendo amadurecida desde o ano passado e é vista como um dos motivos para o rompimento entre o parlamentar e o governo Atila Jacomussi (PSB), já há algumas semanas.

Inicialmente com posicionamento independente na Casa, Chiquinho passou a ter os requerimentos barrados pela base governista e chegou a se declarar oficialmente na oposição. A rusga se deve ao fato de o presidente do Legislativo, vereador Admir Jacomussi (PRP), também se colocar como postulante a uma vaga na Assembleia Legislativa e ser o candidato oficial do governo para o cargo.

“No ano passado não tinha certeza sobre a minha candidatura, mas agora é real. As coisas vão mudando e a gente vai sendo levado a tomar uma decisão. É importante para o povo de Mauá ter opções. Uma, duas, três, quatro.Quanto mais opções o eleitor tiver, melhor”, declarou. “Sou pré-candidato, por convite do presidente estadual e sou até as convenções”, destacou.

Encontro

Está marcado para hoje, às 10 horas, em São Paulo, encontro entre os partidos Avante e PSB para selar o apoio do Avante à candidatura ao Palácio dos Bandeirantes do atual vice-governador do Estado de São Paulo, Márcio França. O PSB é também o partido do prefeito de Mauá, Atila Jacomussi, mas Chiquinho entende que não haverá nenhuma “saia-justa” no palanque, caso a sua candidatura se confirme.
“São coisas distintas. Vamos aguardar para ver a posição de cada um.

Posso dizer que respeito todos eles. Já estive no PSB por dez anos. Quando entrei não tinha nenhum vereador, quando saí havia quatro. O PSB de Mauá cresceu e ajudei nesse crescimento”, pontuou. O vereador evitou falar se sua participação na eleição de outubro o capitalizaria para concorrer ao Paço em 2020. “Costumo falar de uma eleição de cada vez, mas se puder confirmar minha candidatura, vou buscar falar com a população o que penso para nossa cidade e nossa região”, pontuou.

Outras candidaturas

Além das pré-candidaturas dos vereadores Admir Jacomussi e Chiquinho do Zaíra, Ricardo Manoel de Almeida, o Ricardinho da Enfermagem (PTB), também deve disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa. “Fui convidado pelo Campos Machado (presidente estadual do PTB) e pelo coordenador regional Gabriel Roncon (vice-prefeito de Ribeirão Pires) e nosso trabalho tem feito com que a população peça minha candidatura”, declarou o petebista.

“Dentre os nomes que estão na política hoje, o meu está como o de uma pessoa séria. As coisas estão acontecendo de forma natural. É um pedido do partido, do coordenador e aestamos discutindo”, completou Ricardinho. “Tenho compromisso com o governo, mas uma possível candidatura não coloca em risco a governabilidade e a minha postura na Casa”, afirmou.

Apesar de ser o nome oficial do governo para a vaga de estadual, existe a possibilidade de Admir Jacomussi se lançar candidato a deputado federal. Neste caso, o nome do Paço poderia ser o do atual líder de governo, Fernando Rubinelli (PDT).

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*