Política-ABC, Sua região

Atila Jacomussi se reúne com secretário estadual em busca programas de qualificação profissional

 

Atila Jacomussi se reúne com secretário estadual em busca programas de qualificação profissional
Atila Jacomussi: “Parcerias são sempre bem vindas e temos buscado junto ao governo estadual apoio à nossas ações de qualificação profissional”. Foto: Roberto Mourão/PMM

O prefeito de Mauá, Atila Jacomussi (PSB), se reuniu com o secretário estadual de Emprego e Relações de Trabalho, José Luiz Ribeiro, nesta terça-feira (13). Na oportunidade, discutiram sobre programas estaduais em benefício da população da cidade.

O ‘Time do Emprego’ é a mais recente parceria entre prefeitura e Estado. De forma gratuita, jovens a partir dos 16 anos podem ter orientação profissional na área de desenvolvimento de currículo, técnicas de procura de emprego e planejamento financeiro. São 12 aulas com duração de quatro horas cada uma.

“Parcerias são sempre bem-vindas e temos buscado junto ao governo estadual apoio às nossas ações de qualificação profissional. Essa oferta é importante para orientar pessoas que buscam o primeiro emprego ou querem se recolocar no mercado de trabalho. Esse tipo de trabalho é importante para incentivar empreendedores e formar bons profissionais para nossa indústria, já que temos dois grandes polos industriais e os trechos Sul e Leste do Rodoanel” , afirmou Atila.

Durante o encontro com o secretário, o prefeito solicitou a ampliação do Programa Estadual de Qualificação (PEQ) na cidade. Dentro desse programa está a carreta do Via Rápida (que oferece cursos de qualificação) e mais parcerias com o Qualifica Mauá. O programa Jovem Aprendiz também foi tema da reunião e deve ser implementado no município nos próximos meses.

Banco do Povo

Atila solicitou que a Secretaria de Emprego e Relações de Trabalho analise a possibilidade de reabrir a unidade do Banco do Povo Paulista em Mauá. A instituição oferece financiamentos a pequenos e médios empreendedores para capital de giro e investimento fixo. Os empréstimos variam de R$ 200 a R$ 20 mil.

“Precisamos incentivar o pequeno e médio empresário da nossa cidade. Criamos a Nota Fiscal Mauaense justamente para incentivar que as pessoas consumam em Mauá. Tenho certeza que com o Banco do Povo vamos conseguir fomentar a economia local”, destacou o prefeito.(RL)

Deixe uma resposta