Esportes, Paulistão

Estreantes, Ralf e Sidcley animam técnico do Corinthians para sequência da temporada

PA suada vitória por 1 a 0 sobre o Mirassol, na última quarta-feira, não encheu os olhos dos torcedores do Corinthians. O próprio técnico Fábio Carille reconheceu o time “muito abaixo”, mas fez observação positiva: viu crescer sua lista de opções.

Sidcley estreou de maneira convincente. Ralf, embora tenha mostrado não estar na melhor forma física, cumpriu seu papel na primeira partida na volta ao Parque São Jorge. O veterano Emerson Sheik decidiu o jogo com um golaço, provando que pode ser útil.

“O grupo está se encorpando. Meu trabalho é deixar todos prontos. Encorpando a equipe, fica mais fácil para o técnico trabalhar”, afirmou o comandante, citando também a contribuição de Pedrinho.

O meia de 19 anos entrou bem no jogo de quarta-feira. Criou jogadas perigosas e tornou ainda mais questionável a justificativa de que não atua com frequência por estar sem força física.

Outro jovem acionado contra o Mirassol foi Mateus Vital, que parece ter ganhado a confiança do chefe. Carille elogiou ainda Danilo, que ficou no banco de reservas, e Renê Júnior, que se recupera de lesão e não foi a Itaquera, para repetir a ideia de que a equipe preta e branca “está ganhando corpo”.

Lucca

Carille não conseguiu incluir Lucca em sua lista de elogiados. O atacante teve mais uma atuação fraca, mas ganhou compreensão do técnico.

“O conjunto prejudicou o futebol dele. O time não estava bem. Fagner cometeu erros que prejudicaram o Lucca na parte ofensiva”, afirmou o comandante.

De acordo com Carille, “é bem provável” que o atacante seja titular contra o Botafogo, no domingo, em Ribeirão Preto. Romero voltará, mas Clayson cumprirá suspensão no Interior.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*