Economia, Notícias

Etanol fica 4,2% mais barato na semana, mas gasolina segue vantajosa no ABC

Queda do preço do etanol nos postos da região refletiu recuo nas usinas. Foto: Eberly LaurindoOs preços do etanol hidratado, que é abastecido diretamente no tanque de combustível, caíram no ABC na semana passada, mas a gasolina continua vantajosa para os proprietários de veículos flex.

Na semana móvel encerrada no dia 18 de março, o re­novável ficou, em média, 4,23% mais barato na região e passou a custar R$ 2,598 o litro, segundo levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), com dados compi­lados pelo Diário Regional.

O valor é quase 12 centavos menor que o do levantamento anterior (R$ 2,713), apurado entre os dias 5 e 11 deste mês. Também é 8,4% inferior ao pico de preço do ano (R$ 2,836), verificado na úl­tima semana de janeiro.

O movimento nos postos reflete a queda dos preços do etanol hidratado nas usinas paulistas, onde o combustível mantém trajetória de queda desde meados de dezembro.

Segundo os pesquisadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Cepea/Esalq), o recuo refletiu, inicialmente, a necessidade de formação de caixa nas indústrias do setor e, mais recentemente, visa liberar os tanques para a safra 2017/2018 da cana de açúcar, cuja moagem es­tá perto de começar.

Assim, a tendência de redução nos preços do renovável tanto nas usinas quanto nos postos deve se acentuar nas próximas semanas.

Gasolina

Por outro lado, a gasolina segue competitiva porque também caiu, como resultado da nova política da Petrobras de definição mensal do preços nas refinarias, adotada em outubro do ano passado.

Desde o anúncio da nova política, a queda acumulada no preço da gasolina vendida nas refinarias é de 5,4%. Em seis ajustes, a estatal reduziu o preço quatro vezes, manteve em uma oportunidade e elevou em outra.

Na semana passada, o derivado do petróleo era vendido, em média, por R$ 3,510 o litro na região, valor 2,40% inferior ao apurado no levantamento anterior (R$ 3,596). Trata-se do menor patamar desde a segunda semana de dezembro do ano passado.

Atualmente, o preço mé­dio do etanol equivale a 74% do valor da gasolina. Por conta do desempenho, o renovável só vale a pena se essa relação for inferior a 70%. De 70% a 70,4%, o uso de qualquer combustível é indiferente. A partir de 70,5%, a gasolina deve ser a escolhida.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*