Editorias, Notícias, Turismo

Consórcio Intermunicipal discute regionalização do turismo industrial

Entidade regional debate expansão do roteiro para os sete municípios. Foto: Divulgação/Consórcio ABCO Grupo de Trabalho (GT) Turismo do Consórcio Intermunicipal do ABC discutiu, nesta sexta-feira (3), o processo de ampliação do programa de Turismo Industrial na região. No ABC, a modalidade surgiu em 2013, em São Bernardo do Campo.

A intenção é expandir o roteiro para os sete municípios, aproveitando o pioneirismo do segmento na região, de acordo com o coordenador do GT, Fernando Bonisio. “Graças ao papel do Consórcio como instância de governança, as cidades do ABC contam com uma grande vantagem em relação a outras regiões do país para se promoverem como destino turístico”, afirmou.

O Turismo Industrial no ABC surgiu em 2013, em São Bernardo do Campo. O programa recebe cerca de 230 pessoas a cada mês e já é considerado referência no Brasil. Além de visitantes de outros Estados, o município recebeu ainda grupos de outros países, como Colômbia, Estados Unidos, Holanda, Índia, Paraguai, Peru, Portugal e Uganda.

O secretário executivo do Consórcio, Fabio Palacio, afirmou que, por meio de um planejamento estratégico, o GT poderá realizar ações consistentes para a promoção do turismo local. “Dentro do turismo industrial, temos a oportunidade de elaborar um projeto regional. Se consideramos o número de indústrias instaladas no ABC, além do fato de que a região é o berço da industrialização nacional, temos um grande potencial para explorar”, disse.

Durante a reunião, o GT discutiu ainda a participação em feiras de turismo nacionais, com o objetivo de divulgar as atrações da região. Também foi iniciado o debate sobre a criação de um circuito gastronômico envolvendo as sete cidades.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*