Esportes, Futebol, Paulistão

Zé Carlos falha, e Santo André só empata em Araraquara

O Santo André, do volante Dudu Vieira, teve atuação irregular na Arena Fonte Luminosa. Foto: Fernando Calzzani/Photo Press/FolhapressO Santo André saiu na frente da Ferroviária, mas não suportou a pressão do time de Araraquara e, em uma rara falha do goleiro Zé Carlos, cedeu o empate à Ferrinha no jogo disputado ontem (22) à noite, pela quinta rodada do Campeonato Paulista.

Porém, seria injusto responsabilizar o goleiro – herói do título da Série A2, no ano passado – pelo empate. Afinal, Zé Carlos fez ao menos quatro “milagres” durante a partida, os quais impediram o Ramalhão de deixar a Arena Fonte Luminosa com resultado pior.

“Infelizmente, prejudiquei meus companheiros ao tomar o gol em uma bola defensável. O goleiro de um time grande não pode sofrer um gol assim”, reconheceu o goleiro ao canal Premiere, após o jogo.

Em um esquema com três zagueiros e a estreia do meia Serginho, ex-Santos, o Santo André abriu o placar aos oito minutos. O meia levantou a bola em direção à área e encontrou o zagueiro Leonardo, que saltou nas costas da marcação e testou no contrapé do goleiro Matheus: 1 a 0.

Após o gol, a equipe do técnico Toninho Cecílio recuou, abdicou do ataque e permitiu a pressão da Ferroviária, o que obrigou Zé Carlos a trabalhar bastante.
Porém, aos dez minutos do segundo tempo, Capixaba dominou pela direita, carregou em direção ao meio e bateu com força. Zé Carlos pulou atrasado e tentou afastar, mas jogou para dentro.

No sábado, o Santo André recebe o Linense às 10h, no Bruno José Daniel.

 

FERROVIÁRIA 1 X 1 SANTO ANDRÉ

Gols: Leonardo, aos 8 do 1º tempo; Capixaba, aos 9 da 2ª etapa. Árbitro: Vinicius Gonçalves Araujo. Estádio: Arena Fonte Luminosa, em Araraquara, ontem à noite.

FERROVIÁRIA

Matheus; W.Cordeiro, Patrick, Leandro Amaro e Léo Veloso; Flávio, Claudinei (Juninho), Fabio Souza e Alan Mineiro (Bruno); Capixaba e Elder Santana (Tiago Marques). Técnico: PC Oliveira.

SANTO ANDRÉ

Zé Carlos; Jean, D.Borges, Reniê, Leonardo e Fernando Neto; Baraka, Dudu Vieira, Guilherme Garré (Diogo Orlando) e Serginho (Eduardo Ramos); Edmilson (Deivid). Técnico: Toninho Cecílio.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*