Esportes, Futebol, Paulistão

Vagas restantes no Paulista provocam disputa interna no elenco do Palmeiras

O Palmeiras se reformulou para 2017 e, mesmo com a contratação de oito atletas, diminuiu seu elenco para 31 nomes. A redução, contudo, não foi suficiente para evitar disputa interna no elenco.

Só 28 jogadores serão inscritos no Campeonato Paulista. Na Copa Libertadores, para a fase de grupos, o número aumenta para 30.

“Vai ser uma guerra para ficar entre os 28, mas isso é bom: eleva o nível de atuação nos jogos e nos treinos. Internamente, acaba tendo aquela competição”, afirmou o zagueiro Edu Dracena.

Edu Dracena: “Vai ser uma guerra para ficar entre os 28".Foto: Marcelo D. Sants/FramePhoto/Folhapress

Com Vitinho em ascensão, o técnico Eduardo Baptista deve, inclusive, deixar algum nome mais tarimbado de fora da lista – caso, por exemplo, de Rafael Marques. O volante Rodrigo, que só atuou alguns minutos de um jogo no Brasileiro do ano passado, é outro que deve ficar outra vez fora.

Felipe Melo, Willian, Fabiano, Hyoran e Antônio Carlos foram registrados no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e podem jogar torneios oficiais. Além deles, Raphael Veiga e Michel Bastos já estavam regularizados.

O clube ainda aguarda os registros de Guerra e Keno. Em campo, Eduardo Baptista fez ontem (25) um trabalho ofensivo na Academia. Edu Dracena, Vitinho e Barrios, a exemplo do dia anterior, seguiram na equipe titular.

O diretor de futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos, voltar a negar a chance de contratar Borja e Pratto. O cartola, inclusive, negou qualquer tipo de conversa sobre ambos.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*