Esportes, Futebol

Problema de saúde na família causa incerteza de Cuca

Prass e Cuca comemoram título: dúvida sobre permanência do técnico continua. Foto: Levi Bianco/Brazil Photo Press/Folhapress

O futuro de Cuca no Palmeiras depende inteiramente da vontade do técnico, que ainda não decidiu se continuará no clube.
Cuca tem um familiar com problema de saúde em Curitiba e gostaria de passar mais tempo com seus parentes neste momento.

Antes mesmo de chegar ao Palmeiras, o técnico relutou em assinar o contrato pelo mesmo motivo. Foi tranquilizado por parentes e convencido pelo diretor de futebol alviverde, Alexandre Mattos, a fechar contrato com um ano de duração.

“Falaram de propostas de outros clubes, mas não é verdade. Não há proposta de ninguém. Se eu sair do Palmeiras é por uma questão pessoal, uma necessidade particular . Vou discutir isso com o presidente (Maurício Galiotte, recém-eleito)”, disse o treinador em entrevista à “Veja”.

“Não tem hipótese de eu trabalhar em outro time do Brasil. China? Pode aparecer, mas não tem nada por enquanto. Tinha programado para este ano resolver essas situações familiares, e só aceitei porque era o Palmeiras”, completou.

Procurado pela reportagem, o empresário de Cuca, Eduardo Uram, também afirmou que “não existe nenhuma proposta da China”, e que apenas a situação familiar separa o treinador da continuidade do trabalho no Palmeiras.

Ainda que sua presença no próximo ano seja incerta, Cuca participa do planejamento.

“Lógico que está sendo elaborado (o planejamento para 2017) com o Maurício e com o Alexandre (Mattos). Independentemente de treinador, (o Palmeiras) estará mais fortalecido do que neste ano”, disse Cuca ao Fox Sports.

No clube, os dirigentes se mantêm em compasso de espera. Enquanto Cuca não manifestar sua decisão, nenhum outro técnico será procurado.

Torcedor morre

O torcedor Leonardo Medeiro Passos, 25 anos, morreu na noite de domingo (27) por traumatismo craniano, informou o Hospital das Clínicas à reportagem. O palmeirense comemorava o título do Brasileirão conquistado pelo Palmeiras quando caiu de guincho na região do viaduto Antárctica.

De acordo com relato registrado no histórico do Boletim de Ocorrência registrado na 14ª DP, em Pinheiros, Leonardo se desequilibrou, caiu e bateu a cabeça no asfalto.
O jovem foi levado ao Hospital das Clínicas. No caminho Leonardo sofreu parada cardiorrespiratória. Mesmo submetido a manobras de ressuscitação, veio a óbito às 22h05.

A polícia solicitará imagens de câmeras próximas ao local para apurar o acidente. Um caso será instaurado na 23ª DP a fim de verificar qualquer irregularidade no ocorrido.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*