Política-ABC, São Bernardo do Campo, Sua região

Após oito anos com o PT, PCdoB anuncia apoio a Morando

Anúncio do apoio comunista a Morando ocorreu ontem. Foto: Eberly Laurindo

Após engrossar o arco de alianças do candidato Tarcisio Secoli (PT) no primeiro turno da eleição municipal de São Bernardo, o PCdoB declarou ontem (4) apoio à candidatura do deputado estadual Orlando Morando (PSDB). O tucano disputa a segunda etapa do pleito com o deputado federal Alex Manente (PPS). O anúncio foi feito no escritório de Morando, na Chácara Inglesa, e contou com a presença do deputado federal e presidente estadual do PCdoB, Orlando Silva.

O dirigente sustentou que a legenda cumpriu acordo firmado com o prefeito Luiz Marinho (PT) ao caminhar com Tarcisio na primeira etapa do pleito, mas alegou que o compromisso se “esgotou” no momento em que o petista foi derrotado nas urnas.

“No primeiro turno apoiamos o Tarcísio e foi uma decisão consciente, porque fizemos parte da administração, participamos dos dois governos de Marinho. O projeto de Tarcisio, porém, não se viabilizou para chegar ao segundo turno e passamos a examinar as duas candidaturas postas”, afirmou. A legenda caminhou com Marinho desde 2008, quando anunciou apoio ao petista no segundo turno do pleito daquele ano.

Presidente municipal do PCdoB, partido historicamente de esquerda, Jorge Costa Oliveira destacou que a legenda mantém sua “ideologia” e que a aliança com o PSDB acontece em “nome da cidade”. “Essa aliança passa por uma relação de participação efetiva no próximo governo. Ficou bem claro nas conversas com o deputado de que teremos autonomia. Muita gente vai criticar a posição do PCdoB, mas foi uma aliança construída nas instâncias, com os dirigentes e candidatos”, ressaltou.

Governabilidade

Após sofrer debandada e perder seus únicos representantes na Câmara – José Walter Tavares e Martins Martins, que migraram para o PHS –, a legenda conseguiu eleger neste domingo (2) o vereador Josias João de Paz, o Gordo da Adega (PCdoB), que entrou como o terceiro mais votado na cidade, atrás apenas de Julinho Fuzari (PPS) e Pery Cartola (PSDB).

“Sem dúvida vem agregar e somar esforços e votos para esse segundo turno. Vamos continuar trabalhando com partidos que sejam adequados ao nosso plano de governo, que não vai mudar. O PCdoB viu nossa proposta e entendeu que é a melhor. Elegemos 11 vereadores, passamos agora a ter 12 para ir construindo a governabilidade“, afirmou Morando.

Pregando distanciamento do PT, o tucano rechaçou incoerência em abrigar partidos aliados ao petismo em seu arco para o segundo turno. “Partidos que estiveram comigo no primeiro turno já estiveram em algum momento com o PT. Cada partido tem sua autonomia. O que nós não aceitamos é qualquer tipo de aliança com o PT e com membros do PT”, sustentou.

Vídeo

Ontem, Morando afirmou em sua rede social que o prefeito Luiz Marinho (PT) estaria trabalhando na articulação da candidatura de Alex Manente (PPS) e que teria ouvido isso do presidente municipal do PCdoB, Jorge Costa Oliveira. Por isso teria aceitado o apoio da sigla. Morando também postou um vídeo de sua conversa com Oliveira. Procurado, Manente não retornou até o fechamento da edição.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*