Brasileirão, Esportes

Rodrigo Caio: “Vamos dar nossa vida nesse jogo”. Foto: Maurício Rummens/Fotoarena/Folhapress

O São Paulo tem importante duelo contra a Ponte Preta hoje sábado (21), às 17h, no Morumbi. Depois de 21 dias, o clube volta a jogar em seu estádio e da maneira como gosta: com a casa cheia.

Até a tarde de ontem, mais de 40 mil ingressos haviam sido vendidos. Com arquibancadas a R$ 10 e cadeiras a R$ 20, a expectativa é de que mais de 50 mil são-paulinos empurrem o time.

Depois de vencer o Fluminense, o time teve uma semana mais tranquila e quer terminá-la com outro triunfo. Com 39 pontos, na 12ª colocação, o Tricolor está bem perto de eliminar qualquer chance de rebaixamento. Hoje, é de apenas 4%.

A conta é de que mais seis pontos vão deixar o São Paulo em situação confortável e sem pressão. Para isso é necessário vencer em casa.

“Hoje (ontem) fizemos um treino muito bom, com intensidade muito alta. A equipe esteve bem postada, e isso faz com que a gente entre com mais confiança. Se fizermos o que todos fizeram no treino, temos grande chance de vencer. Ficamos felizes de saber que mais de 40 mil torcedores vão comparecer e vamos dar nossa vida”, disse o zagueiro Rodrigo Caio.

O desempenho do time em casa não é dos melhores (somente 49% de aproveitamento no Nacional) em 2016. Por outro lado, o São Paulo fez jogos muito bons no Morumbi neste ano. A goleada sobre o Toluca, por exemplo, foi uma das melhores apresentações de um time brasileiro na Libertadores. Nas três últimas apresentações, venceu Figueirense e Cruzeiro, e empatou difícil confronto contra o Flamengo.

Sem o lateral direito Buffarini, suspenso, e com Bruno machucado, o volante Wesley deve ser improvisado na ala. Na defesa, Lyanco e Douglas brigam pela vaga de Maicon, que está também suspenso, assim como Lugano, reserva.

A equipe deve ser mais ofensiva, com Cueva centralizado. Pela terceira vez seguida, o meia Michel Bastos não foi relacionado.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*