Minha Cidade, São Bernardo do Campo, Sua região

Morando garante chegada da primeira unidade do Bom Prato

Pesaro, Morando e Alckmin: “comida de qualidade a preço acessível”. Foto: Omar Matsumoto/PMSBCEm cerimônia realizada no Palácio dos Bandeirantes, nesta terça-feira (17), o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), confirmou a chegada da primeira unidade do Bom Prato, programa de segurança alimentar do governo do Estado, à cidade. O restaurante popular será instalado em área ociosa anexa às dependências do complexo do Poupatempo, na região central. A expectativa é que a unidade inicie os serviços até março de 2018.

Anunciada pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB), a transformação da antiga lanchonete do Poupatempo em restaurante popular vinha sendo articulada pela atual gestão desde o início do ano. A parceria prevê que os custos da instalação e a manutenção da unidade sejam assumidos pelo governo estadual, enquanto a prefeitura fica responsável pela cessão do espaço e participação no custeio.

“Um restaurante nos moldes do Bom Prato, que oferece comida de qualidade a preço acessível é essencial para prestar assistencial alimentar a pessoas com dificuldades financeiras. Apresentamos esse pedido para o governador, que, de pronto, nos atendeu e nos brindou com esse projeto que é exemplo e referência no tratamento digno ao público mais vulnerável”, destacou o prefeito.

De acordo com Morando, a área sugerida ao governo estadual está localizada em posição estratégica, próxima à rodoviária e à secretaria do Desenvolvimento Social e Cidadania, que realiza o atendimento ao público em vulnerabilidade social. “Esse anúncio tem um valor muito importante para mim, que trabalhei minha vida inteira com alimentos. Não há nada pior do que saber que pessoas passam fome em um país que é o maior produtor de alimentos do mundo. Esta é uma batalha que venho travando desde quando era deputado. São Bernardo é a maior cidade do ABC, mas nunca houve empenho de governos anteriores em trazer esse programa para cá”, completou.

Programa estadual

O Bom Prato foi criado em dezembro de 2000, com objetivo de oferecer refeições saudáveis e de alta qualidade a custo acessível à população de baixa renda. O programa conta com 52 unidades em funcionamento, sendo 22 localizadas na Capital, nove na Grande São Paulo, seis no litoral e 15 no interior.

Balanceado, o almoço é elaborado por nutricionistas e tem custo de R$ 1, enquanto o café da manhã é oferecido por R$ 0,50. Em São Bernardo, o programa oferecerá cerca de 1,4 mil refeições por dia no almoço e outras 300 no café da manhã.

“Celebramos hoje mais uma boa parceria com a Prefeitura de São Bernardo para levarmos a mais bem avaliada política social do Estado, que é o restaurante Bom Prato, à cidade. O programa garante alimento de qualidade, balanceado e saboroso, com controle do Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital)”, destacou Alckmin. De acordo com o governador, a proposta é que o local também possa abrigar, no período da tarde, uma escola na área de gastronomia, para formação de cozinheiros, padeiros, garçons, barmans, entre outros profissionais.

Com o aval sobre o local de instalação do restaurante, o governo do Estado lançará nos próximos dias o chamamento público, que deve durar em torno de 90 dias, para seleção de organização social que vai desempenhar os serviços no Bom Prato.
“Será uma organização que têm o know-how nesse atendimento e que já trabalha com pessoas que mais precisam do Estado, como moradores de rua, idosos e público carente.”, explicou o secretário de Desenvolvimento Social de São Paulo, Floriano Pesaro. Nos próximos dias serão iniciadas as adequações do espaço para instalação da unidade e definição do novo layout do complexo.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*