Copa Paulista, Esportes, Futebol

Sorteio põe Santo André e São Caetano na mesma chave no Paulistão 2018

O ex-jogador Careca sorteia o Santo André. Foto: Rodrigo Corsi/FPFSanto André e São Cae­tano, dois únicos representantes do ABC no Campeonato Paulista de 2018, caíram na mesma chave na primeira fase do Estadual. As duas equipes estão no Grupo B, ao lado de São Paulo e Ponte Preta.

Como o regulamento do Paulistão estabelece que, na primeira fase, os time de um grupo enfrentem as agremiações dos três restantes, Ramalhão e Azulão só poderão se encontrar nas quartas de final, caso fiquem na primeira e segunda posições da chave.

O sorteio foi realizado ontem (17), durante Conselho Técnico na sede da Federação Paulista de Futebol (FPF). O formato continua o mesmo da edição deste ano. Os dois melhores de cada grupo avançam e se enfrentam nas quartas de final. Os dois piores, independentemente do grupo, serão rebaixados à Série A2.

“É um grupo bom e interessante. Estamos livres de jogar contra a Ponte Preta e o clássico contra o Santo André, além do São Paulo. Gostei dos adversários, mas não há o que escolher”, disse o presidente do São Caetano, Nairo Ferreira de Souza, ao site da FPF.

Campeão da Série A2 no primeiro semestre e classificado as quartas de final da Copa Paulista, o Azulão tem uma base pronta para o Esta­dual, mas Nairo reconhece que será preciso contratar.

“O Paulistão é outra realidade e requer uma equipe forte. (O elenco para 2018) terá praticamente 60% do atual grupo e os demais 40% você tem de contratar para que possa permanecer na divisão. (Será) uma equipe forte e preparada, já que depois também teremos a Copa do Brasil”, disse.

O Paulistão será a primeira competição profissional pa­ra o Santo André após a morte do presidente Jairo Livólis, no final de setembro.

“Caímos numa chave complicada. Gosto quando al­guém fala em ‘grupo da morte’, porque o Santo André obteve suas grandes conquistas diante de desafios. Exemplo foi o que fizemos na Copa do Brasil de 2004, diante do Flamengo, no Maracanã com 72 mil torcedores. Gosto de desafios”, disse Sidney Riquetto, que assumiu a presidência do Ramalhão após a morte de Livólis.

“A melhor maneira de ho­menagear o Jairo é fazendo um Paulistão excelente”, acres­centou Riquetto.

O Estadual tem início previsto para 17 de janeiro e final marcada para 8 de abril.

 

Regulamento amplia uso de jogadores formados na base

Os clubes poderão inscrever 26 atletas no Paulistão-2018, contra 28 na edição deste ano, mas terão liberdade para usar todos os jogadores formados na base.

Para usá-lo, o jovem terá de atender às seguintes exigências: ter entre 16 e 21 anos, estar registrado há pelo menos um ano no clube e ter disputado ao menos um torneio oficial de base. Dessa lista, só poderão estar em campo ao mesmo tempo cinco atletas.

A partir de 2019, o período mínimo de registro no clube será de 18 meses para que se enquadre como atleta base. Na Uefa, o mínimo é de três anos. O modelo está sendo tes­tado na Copa Paulista.

 

Com Água Santa e São Bernardo, FPF realiza Conselho Técnico da A2

A Federação Paulista de Futebol (FPF) realiza hoje (11), a partir das 11h, o Conselho Técnico do Campeonato Paulista da Série A2 de 2018. Água Santa e São Bernardo serão os representantes do ABC na competição.

O encontro vai definir os detalhes do campeonato – que, em 2018, terá 16 clubes, quatro a menos do que neste ano.

Com o calendário apertado devido à Copa do Mundo, a A2 será disputada entre os dias 17 de janeiro e 8 de abril. Por isso, não está descartada a possibilidade de a competição adotar a mesma fórmula de disputa da elite, com divisão em grupos e apenas 12 rodadas na primeira fase.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*