Esportes, Futebol, Sul-Americama, Uncategorized

Rodriguinho é a arma do Corinthians contra o Patriotas pela Sul-Americana

Rodriguinho treinou ontem no estádio La Independencia. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansDos habituais homens decisivos do ataque do Corinthians, Jadson e Jô não viajaram à Colômbia para o confronto com o Patriotas, hoje (28), às 21h45, pela Copa Sul-Americana. Quem estará em Tunja para a partida é o meia Rodriguinho.

Se era preciso escolher entre um deles, o técnico Fábio Carille provavelmente fez a opção mais sensata. Mata-matas são a especialidade do meia, que parece guardar alguns de seus melhores momentos para confrontos eliminatórios.

Dos nove gols de Rodriguinho neste ano, oito foram marcados em embates desse tipo. No Campeonato Paulista, por exemplo, o meia esperou a fase decisiva para castigar Botafogo, São Paulo e Ponte Preta no caminho para o título.

Na própria Sul-Americana, o fato de o Corinthians estar na segunda fase tem tudo a ver com o camisa 26. Rodriguinho foi à rede nos dois jogos contra a Universidad de Chile, vencidos pelo alvinegro.

Não estava confirmada, até a conclusão desta edição, a escalação da equipe. Porém, Rodriguinho se mostrava disposto a atuar desde o início da partida na cidade de Tunja.

“Estou bem, mesmo tendo jogado no domingo. Apesar de o Fábio ter deixado alguns jogadores fora para descansar, a gente vai ao jogo com o intuito de trazer um bom resultado e voltar para cá com tranquilidade”, disse.

Vencer na Colômbia abre a possibilidade da utilização de formação reserva no jogo de volta, marcado para 26 de julho, em Itaquera.

Kazim na área

A folga oferecida a Jô dará a oportunidade para Kazim ser titular pela primeira vez desde 1º de março. O turco, que chegou a ganhar brevemente a posição no comando do ataque, perdeu espaço com problemas físicos e com a ótima fase do concorrente.

O autointitulado Gringo da Favela não vai à rede desde 18 de fevereiro, quando definiu a vitória por 1 a 0 sobre o Audax, pelo Paulistão.

Completamente desconhe­cido no Brasil, o Patriotas existe há somente 14 anos. O time disputa a primeira divisão de seu país há apenas cinco anos, desde 2012, e se classificou para a Copa Sul-Americana graças ao sétimo lugar na classificação geral do torneio de 2016.

As duas partidas contra o Everton-CHI, na primeira fase da Sul-Americana, foram os primeiros jogos internacionais do Patriotas, que passou na decisão por pênaltis.

 

PATRIOTAS-COL x CORINTHIANS

Ár­bi­tro: Mario Diaz de Vivar (Paraguai). Estádio: de La Independencia, em Tunja (Colômbia), às 21h45 de Brasília (Globo, Sportv 2).

PATRIOTAS-COL

Villete; Edgar Gómez, Cabezas e Rosero; Carreño, Vásquez, Arboleda, Edson Vásquez e Raúl Loaiza; Medina e Valoyes. Técnico: Diego Corredor.

CORINTHIANS

Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Moisés; Gabriel, Ca­­­macho, Rodriguinho e Mar­­quinhos Gabriel; Romero e Jô. Técnico: Fábio Carille.

 

Deixe uma resposta