Esportes, Futebol

Eliminada, Portuguesa precisa de título para retornar à Série D em 2018

A Portuguesa corre o risco de ficar fora do Campeonato Brasileiro pela primeira vez em sua história. Eliminada, no último domingo (25), na primeira fase da Série D, a Lusa precisará conquistar o título da Copa Paulista para poder retornar à competição, equivalente a quarta divisão.

Torneio organizado pela Federação Paulista de Futebol (FPF) com o objetivo de manter ativos os clubes que estão fora do calendário nacional, a Copa Paulista começa no próximo fim de semana.

A Portuguesa encerrou sua participação na Série D com duas vitórias, um empate e três derrotas. O último revés para o Desportiva-ES por 1 a 0, fora de casa, culminou na desclassificação – um empate garantiria o time na segunda fase.

A eliminação é mais um capítulo da sequência de resultados negativos obtidos pela Lusa desde 2013, quando a equipe do Canindé foi rebaixada para a Série B do Brasileiro após perder quatro pontos no nacional devido à escalação irregular do meia-atacante Héverton.

Nos três anos seguintes, a Lusa também foi rebaixada. Em 2014, caiu para a Série C. Na temporada seguinte, o time caiu da elite para a Série A2 do Campeonato Paulista. No ano passado, despencou para a Série D nacional. Neste período, o clube teve quatro presidentes.

No ano passado, o estádio do Canindé foi a leilão para pagar dívidas trabalhistas, mas não foi arrematado. Até 2016, o clube acumulava dívidas de mais de R$ 250 milhões.

“Fizemos um planejamento que se mostrou ruim e temos de refazê-lo para que possamos fazer uma boa Copa Paulista. A Portuguesa vai ter de ressurgir das cinzas em busca de uma vaga nacional e, para isso, temos de começar do zero e elaborar um novo projeto”, afirmou ao site da Federação Paulista de Futebol (FPF) o treinador Mauro Fernandes.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*