Esportes, Futebol

Corinthians rejeita oferta pelo zagueiro Balbuena

Balbuena tem contrato com o clube até o final de 2018. Foto: Ricardo Moreira/Fotoarena/FolhapressOs € 3 milhões (cerca de R$ 11 milhões) ofertados pelo Genoa-ITA para a aquisição de Fabián Balbuena não seduziram o Corinthians. Os valores foram considerados baixos pela direção corintiana, que não apenas recusou a saída do zagueiro paraguaio como já planeja uma reunião para reformular o contrato.

De acordo com o diretor de futebol do clube, Flávio Adauto, Balbuena já manifestou a intenção de permanecer no alvinegro. “Conversamos com ele no sábado, antes do treino, Alessandro, Fábio Carille e eu. Balbuena está com a cabeça fixada no Corinthians. Disse que quer continuar aqui, que está feliz”, declarou Adauto à reportagem – o dirigente não confirma os valores da oferta, mas admite que foi considerada baixa.

“Recebemos a proposta e respondemos que, por esse valor, mesmo que seja maior, neste ano, não estamos interessados em negociar o Balbuena. No ano que vem, por outros valores, vamos pensar”, complementou o diretor de futebol.

Com vínculo até dezembro de 2018, Balbuena será procurado para discutir a renovação, o que também foi confirmado pelo diretor de futebol. “Vamos conversar, sim. Precisamos saber se é isso que almeja. Temos 100% dos direitos dele. Nós queremos a permanência, o jogador quer e o torcedor quer a permanência dele”, disse Flávio Adauto.

Aos 25 anos, Balbuena superou irregularidades de sua primeira temporada e, ao lado de Pablo, firmou-se como opção confiável. Na última semana, até anotou o gol da vitória sobre o Cruzeiro.

Os empresários do jogador, por sua vez, ainda esperam viabilizar novas ofertas até o fim da janela de transferências da Europa, em julho. A Lazio é outra equipe italiana interessada.

Jadson

Preservado da partida em Curitiba no domingo (18), Jadson está confirmado para enfrentar o Bahia na próxima quinta-feira. Marquinhos Gabriel, que deixou o campo com suspeita de lesão muscular, será reavaliado em exame hoje.

“O Jadson volta. Trabalhamos em conjunto com a parte médica e com fisiologista. O jogador tinha algumas dores no joelho e musculares. Correria um risco de se lesionar caso jogasse, então poderia ficar fora por um tempo maior. É certeza de que volta”, disse o técnico do Corinthians, Fabio Carille.

Com o retorno do meia, o Corinthians terá pela primeira vez após seis rodadas a formação considerada ideal pelo treinador.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*