Economia, Notícias

Petrobras volta a reduzir preço da gasolina e do diesel nas refinarias

O preço da gasolina nos postos deve cair 0,9% (ou R$ 0,03 por litro). Foto: Arquivo

A Petrobras anunciou ontem (14) nova redução nos preços da gasolina e do diesel. O ajuste ocorre 20 dias após os últimos cortes e já marca o início de mudanças na política de preços da estatal, que passará a fazer ajustes com mais frequência.

Desta vez, o valor de venda da gasolina pelas refinarias será reduzido em 2,3% e o do diesel, em 5,8%. Se o repasse for integral, diz a Petrobras, o preço da gasolina nos postos cairá 0,9% (ou R$ 0,03 por litro). No caso do diesel, a queda será de 3,5% (R$ 0,11 por litro).

A petrolífera ressalta, porém, que os preços são livres e o repasse dependerá da política comercial de distribuidoras e revendedores.

Em nota, a Petrobras diz que os cortes respondem à queda do barril de petróleo para a casa de US$ 46 e à estabilização do dólar em torno de R$ 3,30 após a desvalorização “provocada por incertezas políticas” – a delação da JBS.

No ajuste anterior, em 25 de maio, gasolina e diesel foram cortados em 5,4% e 3,5%, respectivamente. A queda foi questionada pelo mercado, por ter sido feita em um momento de alta do petróleo e desvalorização do real.

Segundo analistas, naquele momento o preço interno da gasolina chegou a se equiparar às cotações internacionais. O produto tem grande impacto nos índices de inflação e, em 2017, vem tendo peso relevante na desaceleração do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).
“Os novos preços continuam com margem positiva em relação à paridade internacional”, diz a Petrobras.

A empresa informou que a decisão por aumentar a fre­quência foi tomada pelo comitê interno que avalia os preços dos combustíveis. O objetivo do ajuste em períodos mais curtos é “acomodar as volatilidades observadas no mercado internacional”.

Deixe uma resposta