Mauá, Minha Cidade, Sua região

Mauá assina contrato para receber 100 novos ônibus

Claudinei Brogliato, Atila Jacomussi e diretores da Caixa participaram da assinatura do convênio. Foto: Roberto Mourão/PMMA Prefeitura de Mauá, a Suzantur, concessionária que opera o sistema de transporte público municipal, e a Caixa Econômica Federal assinaram na tarde de ontem (14) contrato de adesão ao programa Refrota, do Ministério das Cidades, para renovação da frota de ônibus. A Suzantur vai entregar 100 novos coletivos equipados com wi-fi e tomadas, investimento de R$ 30,3 milhões.

“O transporte foi um tema muito debatido na campanha e estamos aqui hoje cumprindo uma promessa”, afirmou o prefeito Atila Jacomussi (PSB). “Mauá sai na frente e é a primeira cidade do ABC e do Brasil a aderir a esse convênio. Somos referência em transporte público e vamos ter também a melhor tecnologia, já que somos o único município da região a oferecer wi-fi em 100% da frota”, completou.

Representante da Caixa Econômica Federal, Mario Oliveira destacou que o governo disponibilizou R$ 100 bilhões para o programa de renovação das frotas do país. “A Suzantur foi a empresa que chegou com mais facilidade aos requisitos e tornou possível essa parceria”, afirmou.

O presidente da Suzantur, Claudinei Brogliato, frisou que foi preciso derrubar barreiras burocráticas para que o convênio fosse firmado. “As exigências eram impossíveis de cumprir. Nosso trabalho começou em setembro, envolveu representantes das empresas que fabricam os ônibus, para que tudo fosse alinhado”, destacou. O financiamento de R$ 28,7 milhões (R$ 1,5 milhão de contrapartida da concessionária) será pago em 72 meses, com 15 meses de carência.

A previsão é que os novos veículos ainda levem ao menos 120 dias para ser entregues. “A indústria está em compasso de espera por conta da crise e existem dificuldades na cadeia produtiva”, explicou Brogliato. “Estimamos que a Mercedes Benz, empresa que vai fornecer os ônibus, leve de 90 a 120 dias para começar as entregas”, completou.

“É importante destacar que o convênio não beneficia apenas o transporte, mas também a indústria da região, que vai voltar a produzir e gerar empregos para dar conta desta encomenda”, complementou Atila. Segundo os representantes da Caixa Econômica, outras concessionárias e empresas de transporte estão em tratativas para adesão ao convênio. Com os novos veículos, a idade média da frota de Mauá será de 3,5 anos, a menor da região.

O secretário de Governo e de Transportes, João Gaspar, destacou que a renovação da frota melhora sob diversos aspectos a prestação do serviço de transporte público. “Com as outras empresas, tínhamos um índice de perda de partida (quando o ônibus não sai no horário) de 1,5 mil por dia. Hoje temos dez ocorrências diárias. Com ônibus mais novos, diminuímos esse tipo de problema consideravelmente”, afirmou.

Tarifa reduzida

Atila Jacomussi ainda não sabe quando poderá entrar em vigor a tarifa reduzida aos domingos, uma das promessas de campanha, nem qual será o valor cobrado dos passageiros. “Estamos analisando as planilhas e, no momento oportuno, vamos implementar. É importante registrar que Mauá foi a única cidade, depois de 30 anos, que teve um prefeito que suspendeu o aumento da tarifa”, declarou.

Deixe uma resposta