Economia, Notícias

Trabalhadores da construção civil no ABC terão reajuste salarial de 3,99%

Trabalhadores da construção civil tem data-base em 1º de maio. Foto: ArquivoO presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP), Jo­sé Romeu Ferraz Neto, e o procurador do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de São Bernardo e Diadema (Sintracom SBC-DMA), Edu Monteiro Junior, assinaram na última sexta-feira (9) a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) relativa à data-base de 1º de maio.

Pela CCT, os trabalhadores do setor com salário até R$ 6 mil terão reajuste de 3,99% retroativo a maio. Acima desse valor será acres­cido valor fixo de R$ 239,40.

Também passam a vi­gorar novos pisos salariais de R$ 1.416,92 para trabalhadores não qualificados, de R$ 1.723,67 pa­­ra os qualifica­dos e de R$ 2.065,48 para trabalhadores qualificados em obras de montagem de instalações industriais. A diferença relativa a maio será paga na folha de junho.

Foram reajustados o tíquete-refeição, que passou para R$ 20,80, e o vale-supermercado men­­­sal, para R$ 286.

Deixe uma resposta